macOS Sequoia: o que vale a pena no novo sistema operativo!

O macOS Sequoia é a próxima versão do sistema operativo Mac. A versão 15 do macOS está repleta de funcionalidades de IA, muitas das quais estão também presentes no iOS 18 e no iPadOS 18. Mas afinal quais os pontos mais importantes do novo sistema operativo da Apple?

macOS Sequoia: o que vale a pena no novo sistema operativo!

Espelhamento do iPhone

Os utilizadores de Mac são utilizadores de iPhone, e os dois têm sido muitas vezes considerados como plataformas separadas. O iPhone Mirroring preenche essa lacuna, permitindo que os utilizadores acedam diretamente aos seus iPhones no ambiente de trabalho do Mac. O Mac e o iPhone ligam-se sem fios e os utilizadores vêem o ecrã inicial do iPhone no Mac. Os utilizadores podem clicar e utilizar aplicações do iPhone. Também as notificações de aplicações do iPhone podem ser ativadas e a aplicação do iPhone adequada é iniciada. Os utilizadores também podem arrastar e largar fotografias e vídeos do iPhone para o Mac.

O áudio do iPhone será transmitido através da saída de som do Mac e as notificações do iPhone serão integradas na lista de notificações do macOS.

Interface de utilizador em mosaico para organizar janelas

Os utilizadores de Mac trabalham em várias aplicações e ficheiros ao mesmo tempo. Isto pode fazer com que a organização das janelas seja uma tarefa árdua. Assim no macOS Sequoia, os utilizadores podem agora arrastar uma janela para a extremidade do ecrã e o macOS irá sugerir uma vista em mosaico das suas janelas abertas. Os mosaicos podem ser organizados lado a lado ou num canto. Pode utilizar novos atalhos de teclado para gerir os mosaicos.

Nova aplicação de palavras-passe

A Apple está finalmente a fornecer uma melhor forma de aceder a palavras-passe e outras informações armazenadas no Keychain, introduzindo uma nova aplicação Passwords. Entretanto os dados na aplicação são encriptados e podem ser sincronizados com outros dispositivos através do iCloud e podem até ser sincronizados com o Windows através da aplicação iCloud para Windows.

Safari

A nova funcionalidade Destaques oferece uma forma de obter informações relacionadas com a página web que está a visitar. Por exemplo, se estiver a reservar um quarto de hotel, o Safari oferece uma forma de obter rapidamente direcções no Google Maps. Entretanto a funcionalidade de leitura oferece agora um resumo e um índice para aceder rapidamente ao conteúdo da página web. O novo Visualizador entra em ação quando é detectado um vídeo numa página web e inclui um conjunto completo de controlos e a possibilidade de definir o vídeo no modo Picture-in-Picture.

Melhorias nas videoconferências

Com o macOS Sequoia, a Apple introduz novas funcionalidades que se podem utilizar em aplicações de videoconferência como o FaceTime e o Zoom. Assim os apresentadores podem agora ver uma pré-visualização dos seus diapositivos para se certificarem de que a sua apresentação está a correr como planeado. Para além disso os participantes podem agora personalizar o seu fundo com um wallpaper do macOS ou uma fotografia pessoal.

Funcionalidades de inteligência da Apple

A Apple implementou uma série de funcionalidades baseadas em IA que funcionam no macOS Sequoia, iOS 18 e iPadOS 18. Veja um breve resumo do que estará disponível:

Ferramentas de escrita: em apps como o Correio, Páginas, Notas e outras, o conteúdo escrito terá várias funcionalidades disponíveis, incluindo sugestões de revisões, revisão e edição de texto, entre outras. O Correio irá oferecer resumos de correio eletrónico e respostas inteligentes.

Imagens: entretanto as aplicações poderão criar imagens num de três estilos: Animação, Ilustração ou Esboço. Nas Mensagens, pode-se utilizar para criar imagens personalizadas. N nas Notas, pode ser utilizado para transformar esboços em imagens bem trabalhadas.

Fotografias: novas ferramentas na aplicação Fotografias permitem aos utilizadores encontrar fotografias com base num conjunto de características. Pode utilizar uma nova ferramenta de limpeza para remover itens de uma fotografia.

Siri: muitas das funcionalidades do Apple Intelligence chegam através do Siri, que terá uma melhor compreensão dos comandos contextuais e será capaz de executar funções com base no contexto da sua utilização.

Embora o Apple Intelligence se baseie principalmente nos modelos de IA da própria Apple, as Ferramentas de Escrita e o Siri terão acesso ao ChatGPT, um modelo de linguagem grande (LLM) criado pela OpenAI.

Como instalar o macOS Sequoia

Entretanto a Apple lançou a versão beta do macOS Sequoia para programadores, com uma versão beta pública a chegar em julho. O lançamento oficial está previsto para o outono e é gratuito para todos os utilizadores. O novo sistema operativo é compatível com os seguintes Macs: MacBook Air: 2020 ou posterior, MacBook Pro: 2018 ou posterior, iMac: 2019 ou posterior, iMac Pro: 2017 ou posterior, Mac mini: 2018 ou posterior, Mac Studio: 2022 ou posterior e Mac Pro: 2019 ou posterior.

Entretanto há uma grande ressalva na lista de compatibilidade do macOS Sequoia: assim para usar as funções do Apple Intelligence, o Mac precisa de um chip M1 ou posterior. Estas funcionalidades não funcionam em Macs Intel. Além disso, a versão beta das funcionalidades Apple Intelligence só estará disponível no outono – não estão incluídas nas versões beta actuais.

Siga a Leak no Google Notícias e não perca todas as informações mais importantes.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.

Artigos relacionados