Kirin 990

A Huawei anunciou hoje na IFA 2019, o seu novo SoC de última geração Kirin 990, que não só irá ser a base dos novos Mate 30 que deverão ser lançados no dia 19 de Setembro, como também deverá ser o chip que irá dar vida ao dobrável Mate X, quando este chegar ao mercado.

No entanto, existem duas versões, o Kirin 990 5G e o Kirin 990 4G… E pelos vistos, vamos ter uma diferença na performance, graças ao processo de produção utilizado

Portanto, o Kirin 990 é também o primeiro SoC do mercado a trazer um modem 5G integrado, sendo denominado de Kirin 990 5G. Entretanto, irá também existir uma versão 4G, que apesar de partilhar o mesmo nome, irá ter algumas diferenças. O que poderá ter algum impacto na performance do SoC.



Além da falta de suporte ao 5G, o Kirin 990 4G é também mais lento

Kirin 990

Assim, o Kirin 990 4G irá ser baseado num cluster 2 + 2 + 4, contando ainda com um GPU Mali-G76, tal e qual como o seu irmão 5G. Contudo, as frequências irão ser um pouco diferentes. Ora veja:

Versão 5G:

  • 2 núcleos Cortex-A76 a 2.86GHz
  • 2 núcleos Cortex-A76 a 2.36GHz
  • 4 núcleos Cortex-A55 a 1.95GHz
  • 16 núcleos Mali-G76 GPU a 600MHz

Versão 4G:

  • 2 núcleos Cortex-A76 a 2.86GHz
  • 2 núcleos Cortex-A76 a 2.09GHz
  • 4 núcleos Cortex-A55 a 1.86GHz
  • 16 núcleos Mali-G76 GPU a 600MHz

Aparentemente, segundo a documentação facilitada pela própria Huawei, o Kirin 990 5G vai ser produzido com o novo processo de 7nm+ da TSMC. Enquanto o Kirin 990 4G irá utilizar o antigo processo de 7nm.

Além disto, o NPU na versão 4G do novo Kirin, conta com 1 Big Core + 1 Tiny Core. Que é bastante diferente da versão 5G com 2 Big Core + 1 Tiny Core. Portanto, apesar da versão 5G oferecer 1.88x mais performance que o NPU do atual SoC que equipa o P30 Pro e Mate 20 Pro, não fazemos ideia daquilo que o NPU da versão 4G irá oferecer.

Conclusão

Não faz muito sentido que a versão 4G do novo SoC da Huawei, seja assim tão mais fraca que a versão 5G. Afinal de contas, o 5G está ainda muito na sua infância! E por isso, a maioria dos mercados irá apostar mais na versão 4G… Que pelos vistos, está longe da performance da versão 5G.

Nota: Isto pode ser apenas um erro da documentação da Huawei, vamos esperar.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião, nos comentários em baixo.

Fonte