Google com SoC próprio! Foco não é a performance. Será o preço?

A Google apostou forte e feio num SoC (System on a Chip) proprietário, que entretanto já deve dar vida aos novos smartphones Pixel 6, uma jogada que pode muito bem servir como uma janela para perceber o futuro da empresa. Afinal de contas, se há coisa que a Google tem, é equipas de engenharia com muito talento, e claro, dinheiro para investir.

Assim, este novo SoC (Whitechapel) pode ser o início de uma gigantesca gama de produtos, como uma nova e renovada gama de portáteis Chromebook, potenciados pela tecnologia da própria Google.

Mas em termos de performance e eficiência, em termos de facilidade de uso, como é que este SoC se irá safar no dia-a-dia? Vai ser mais rápido que o atual Snapdragon 888 ou Apple A14 Bionic? Não! Não é esse o objetivo.

Google vai ter processador próprio. Foco não é a performance

pixel 6

Portanto, ontem noticiámos que os novos Google Pixel 6 são aparelhos “topo de gama” que na verdade não irão competir com os restantes topo de gama.

Assim, é um lançamento que pode significar uma mudança de estratégia para a gigante da pesquisa. Afinal de contas, podemos ter aqui uma gama de aparelhos que não tem qualquer intenção de ser a mais rápida ou a mais vistosa, chegando com o grande objetivo de oferecer apenas uma excelente máquina para o dia-a-dia dos utilizadores.

Afinal de contas, o ecrã OLED utilizado é rígido em vez de flexível, o que não compromete a qualidade de imagem, mas pode ‘piorar’ o aspeto. Além disso, ao que tudo indica, o SoC da Google não tem o objetivo de oferecer os mesmos níveis de performance dos atuais SoCs topo de gama do mercado.

Conhece o Google Whitechapel? O novo SoC da gigante do software?

Pois bem, o Whitechapel, internamente conhecido como GS101, é um chip feito em parceria com a Samsung, sendo baseado no processo de 5nm LPE da gigante Sul Coreana.

O que claro está, apesar de ser um processo poderoso e eficiente, também significa que irá ser um chip baseado num processo uma geração atrasado relativamente à concorrência direta. (4nm -> Snapdragon 895 e Apple A15 Bionic).

O que na estratégia da Google, não tem qualquer problema! Visto que o SoC não tem de competir com a nova geração de processadores, nem com a atual. A Google quer uma gama de smartphones apelativa, mas ‘barata’.

Afinal de contas, segundo os mais recentes benchmarks, o SoC da Google oferece uma performance similar ao Snapdragon 870. Que por sua vez, é um processador pouco mais rápido que o Snapdragon 865. Dito isto, o que falha nos núcleos do CPU, parece ser compensado na componente gráfica e IA. Mas aqui, temos de esperar para ver o que tudo isto significa no mundo real.

Dito tudo isto, com a grande aposta no seu SoC proprietário, a Google está também pronta a apostar forte e feio no suporte aos seus produtos.

Afinal de contas, é esperado que os novos Pixel 6 cheguem com pelo menos 5 anos de atualizações. Um número muito parecido ao que a Apple costuma oferecer nos seus produtos.

Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

Gboard: já pode personalizar como nunca o teclado da Google!

Não há dúvidas de que o teclado da Google, o Gboard é um dos melhores e mais utilizados. Funciona bem e disponibiliza diversas funcionalidades....

Ataques informáticos dão 35 anos de prisão a homem de 32 anos!

Muitas pessoas acham que estão a salvo por fazerem atividades ilícitas atrás de um computador. No entanto isto não podia estar mais longe da...

Não jogue estes jogos! São considerados os mais tóxicos!

Se por acaso costuma jogar diariamente os mais diversos vídeo jogos então certamente deverá saber que existem uns com comunidades mais tóxicas do que...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!