Sites piratas em risco? Depois da Google fogem do Bing!

Os sites piratas são cada vez mais difíceis de encontrar nos motores de busca e a Google tomou uma série de medidas para remover ou pelo menos dar menos importância a domínios problemáticos e parece não estar sozinha. De facto, vários dos sites piratas mais visitados também não têm praticamente nenhum resultado no Bing. No entanto, de acordo com o motor de busca, este não é o resultado de uma “decisão editorial”.

Sites piratas em risco? Depois da Google fogem do Bing!

Não se sabe ao certo o que se está a passar no Bing. No entanto, no caso da Google, é tudo feito de forma propositada. Isto porque recentemente a gigante dos motores de busca tomou a decisão de desindexar completamente os sites dos resultados.

O caso do Bing

O site Torrent Freak fez vários testes no motor de busca do Bing em vários países. Neste exercício percebeu-se que vários dos principais sites piratas têm as suas páginas indexadas. Outras surgem quase no fim dos resultados.

Por exemplo, quando utilizaram o comando site: para encontrar todas as páginas do Pirate Bay indexadas pelo Bing há apenas um resultado visível. Uma mensagem no fim esclarece que “alguns resultados foram removidos”. No entanto, ainda assim era suposto haver milhões.

Depois da Google sites piratas desaparecem do Bing

- Advertisement -

Para comparação, a mesma pesquisa na Google ainda devolve cerca de 24 mil URLs do The Pirate Bay. Isto pelo menos por enquanto.

O problema também é evidente quando se procura “Pirate Bay Linux”. No Bing isto não devolve quaisquer resultados. Já a Google lista uma coleção de páginas relevantes deste site de torrents.

Mas os escassos resultados de pesquisa do Bing não se limitam ao The Pirate Bay. O mesmo se aplica a vários outros sites de torrents, como o Fitgirl-Repacks e TorrentGalaxy. Além disso, o mesmo acontece com outros piratas, incluindo o 9anime.

Uma decisão que não foi editorial

O site TorrentFreak contactou a Microsoft e na altura a empresa não deu logo uma explicação. No entanto, mais tarde assinalaram que as remoções não resultaram de uma decisão editorial. Seja como for há situações colaterais a assinalar.

Depois da Google sites piratas desaparecem do Bing

É que alguns sites como o DuckDuckgo baseiam-se em dados do Bing. Dito isto, tudo o que é removido do Bing desaparece também noutros motores de busca que utilizam os mesmos resultados.

Entretanto quem se está a aproveitar disto são sites falsos criados com nomes semelhantes que estão a chegar ao topo. A questão é que não estão a distribuir propriamente pirataria mas estão a infetar os utilizadores.

Entretanto clique aqui para seguir a Leak no Google Notícias e ficar a par de todas as informações mais importantes. Pode também subscrever aqui a nossa Newsletter e receber as notícias no seu e-mail.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.