Google Pixel Slate: Tudo sobre o novo tablet da Google

No início deste ano, ficou claro que a Google queria levar o Chrome OS para os tablets. Isto foi algo observado no lançamento do Chromebook HP X2 e do Acer Chromebook Tab 10. Depois de terem chegado à Internet algumas informações acerca de um novo Chromebook chamado Google Pixel Slate, eis que lhe vamos contar tudo aquilo que precisa de saber.

Google Pixel Slate: Design

A melhor imagem que surgiu na Internet acerca do Pixel Slate é a renderização que mostrámos no topo deste artigo. Olhando atentamente para a mesma, percebemos como é o ecrã, a parte traseira e a parte esquerda do tablet. Não se sabe ao certo qual a dimensão do ecrã. No entanto, é fácil imaginarmos que terá entre 9 a 12 polegadas.

Google Pixel Slate

O Pixel Slate vem com duas câmaras que estão localizadas diretamente acima do ecrã e no canto superior direito da parte traseira do dispositivo. Eventualmente, serão utilizadas para quem quiser tirar uma foto rápida ou participar numa conversação vídeo. Ainda não são conhecidas as especificações de nenhuma das câmaras.

No topo da moldura esquerda, estão os botões de volume, enquanto uma única porta USB-C está localizada na parte inferior do tablet. Embora as renderizações que chegaram à Internet não mostrem a moldura direita do Pixel Slate, parece haver uma abertura suficiente para outra porta. Pode ser uma saída para auscultadores ou outra porta USB-C.

Pontos magnéticos para a ligação de acessórios

Ao longo da parte inferior do tablet, são visíveis vários pontos magnéticos que permitem comunicar com os acessórios.

Por fim, o Pixel Slate parece ter um botão de energia bastante grande no canto superior esquerdo do dispositivo. Alguns rumores davam conta que este dispositivo teria um sensor de impressões digitais para permitir que os utilizadores acedessem ao Chrome OS rapidamente. A imagem a que o site 9to5Google teve acesso parece representar este funcionamento. Se, de facto, um sensor de impressões digitais for adicionado ao botão superior esquerdo, o Pixel Slate será o primeiro dispositivo Chrome OS a oferecer segurança biométrica.

Google Pixel Slate: E quanto aos acessórios?

Google Pixel Slate

O primeiro “leak” real acerca do Google Pixel Slate partiu da Brydge (via AboutChromebooks), uma empresa conhecida por fabricar acessórios de teclado para iPads e tablets. Como é possível observas nas quatro imagens abaixo, o fabricante de acessórios parece estar a criar um teclado que permite que o Pixel Slate seja utilizado como um laptop e ainda um teclado Bluetooth autónomo que combine com a cor azul do tablet.

Mais recentemente, porém, apareceram online alguns acessórios do Google. Graças ao site MySmartPrice e à loja on-line britânica da Google (via ChromeUnboxed), temos renderizações oficiais de um teclado retrátil e uma nova caneta Pixelbook Pen.

Começando pelo teclado, este acessório faz-nos lembrar os vários teclados que a Microsoft e a Apple lançaram para os computadores Surface e iPad Pro. Neste caso, o teclado do Google parece ligar-se magneticamente à parte traseira do tablet. Mas pode ser dobrado num formato de origami para sustentar o tablet enquanto estiver em utilização. Como existem pinos metálicos localizados diretamente acima do teclado, é seguro assumirmos que é assim que o teclado e rato se ligam a este dispositivo, ao invés de existir transmissão por Bluetooth.

Relativamente à nova Pixelbook Pen não parecem existir grandes novidades, para além da cor. Ainda assim, a Google deverá revelar no seu evento que este acessório foi atualizado para ser mais preciso e mais fácil de utilizar.

Google Pixel Slate: Especificações

Como acontece com muitos smartphones, as especificações do Pixel Slate apareceram no Geekbench (via Phone Arena) bem antes de os dispositivos serem oficializados. Graças a esses testes, parece que o Google pode disponibilizar até quatro variantes do tablet.

Começando pelo modelo mais económico, uma versão do Pixel Slate terá provavelmente um chipset Intel Celeron 3965Y de 1.5GHz e 8GB de RAM. A partir daí, os testes identificam um Intel Core m3-8100Y de 1,1 GHz que pode operar até 3,4 GHz com 8 GB de RAM.

Os dois últimos modelos pretendem incluir um processador Intel Core i5-8200Y de 1.3 GHz que opera a um máximo de 3.9 GHz turbo e 8 GB de RAM e um Pixel Slate com CPU Intel Core i7-8500Y e 16 GB de RAM.

Ao nível do sistema operativo, a Google pode trazer suporte para o Windows 10 nos seus Chromebooks. Embora sem certezas finais este fabricante está pelo menos a testar um sistema de duplo-arranque para o Pixel Slate.

Preço

Infelizmente, ainda pouco sabemos ao nível de preço Google Pixel Slate. O Pixelbook do ano passado custou entre 999 Euros e os 1600, dependendo da quantidade de armazenamento e da memória.

Via

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário