Google vai encerrar a app Play Música por isso transfira tudo!

A Google vai encerrar em Dezembro o Play Música, ou se preferir, o Play Music depois de ter sido completamente varrido do mercado pelo YouTube Music. A propósito disto, o gigante dos motores de busca apostou em quatro meses para desligar a sua plataforma. O serviço de streaming estava destinado a ser interrompido mais cedo ou mais tarde em favor do YouTube Music.

E se quiser continua a usar o Google Play Música?

Não convém. É que para já vai perder gradualmente o acesso às funcionalidades, começando com o fim do suporte para compras e pré-encomendas ainda este mês. Depois disto, o streaming de música será desactivado em Setembro e Outubro.

No entanto os utilizadores terão até dezembro para transferir os seus conteúdos (compras, playlists, uploads) e mudar para o YouTube Music.

O substituto da Google para o Play Music já estava disponível há algum tempo. Porém não se sabia quando a empresa iria oficialmente reformar o seu serviço de streaming de música. Num post recente, tudo isto foi revelado. Para alem disso, a Google também informou também os utilizadores acerca das etapas necessárias para a transição para o YouTube Music.

Entretanto no final deste mês, a Google vai encerrar o suporte para o upload e download de música no Play Music através da aplicação Music Manager e também vai desativar as compras e encomendas. O streaming será também desactivado para utilizadores na Nova Zelândia e na África do Sul em Setembro, seguido por uma paralisação global em Outubro.

Google Play Music:

Os utilizadores ansiosos pelo YouTube Music podem usar a ferramenta de transferência lançada recentemente pela Google para migrar os seus dados do Play Music ou usar o Google Takeout para exportar conteúdo relevante. Embora a app e o site do Play Música sejam colocados off-line em outubro, a empresa afirma que as playlists, uploads, compras, likes e outros dados dos utilizadores serão preservados até dezembro para transferência para o YouTube Music, após o qual não estarão mais disponíveis.

Por outro lado, os utilizadores que decidirem não migrar os seu conteúdos para o YouTube Music terão as suas assinaturas canceladas. A Google também diz que vai notificar esses utilizadores com antecedência e também informa-os antes que eles percam o acesso aos conteúdos do Play Music.

Embora essas transições nem sempre sejam confortáveis, as intenções da Google com o Play Música já eram bastante claras há algum tempo. No ano passado, a empresa começou a incentivar os fabricantes de telefones Android a pré-instalar o YouTube Music em todos os novos dispositivos Android 10 e agora espera competir contra empresas como Apple Music e Spotify com uma oferta única e focada.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco nos comentários em baixo .

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

Windows 11 Build 22000.194 (KB5005635) já está disponível!

O Windows 11 Build 22000.194 (KB5005635) está disponível para todos os que estão inscritos no programa Windows Insider. Não é o maior update do...

Memória RAM DDR5 vai desiludir no início do seu ciclo de vida

Como deve saber, a memória RAM DDR5 está prestes a chegar ao mercado! De mãos dadas com a nova família de processadores Intel Core...

Sir Clive Sinclair: morreu o grande pai do ZX Spectrum!

Hoje é um dia triste, especialmente para quem é fã do Spectrum ou teve a sorte de conviver com este computador fantástico. É que...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!