Inicio Apple Estudante chinês enganou a Apple. Agora vai para a prisão!

Estudante chinês enganou a Apple. Agora vai para a prisão!

No início deste ano, um estudante chinês chamado Quan Jiang, que estava matriculado numa faculdade no Oregon, foi considerado culpado de enganar a Apple em quase um milhão de dólares. Por este motivo, ele foi condenado a três anos e um mês de prisão federal por um juiz distrital dos EUA. Depois disso, ele foi deportado para o seu país de origem. É caso para dizer que enganou a Apple, mas mais valia estar quieto.

Estudante chinês enganou a Apple. Agora vai para a prisão!

De acordo com os documentos judiciais, Quan Jiang e seu parceiro, Yangyang Zhou, importaram milhares de iPhones falsos da China e, posteriormente, preencheram as reclamações de garantia da Apple, alegando que as unidades não funcionavam porque não ligavam. A empresa substituiu estas unidades falsificadas por dispositivos genuínos que eram posteriormente enviados para o país de modo a serem vendidas com lucro. Alegadamente ele ganhou entre 20 a 30 dólares por cada novo iPhone.

enganou a Apple

A Apple disse aos investigadores que foram trocadas 1.493 unidades do iPhone, o que deu origem a perdas de 600 dólares por cada um. Além disso, foi revelado que a empresa rejeitou a substituição de 1576 outros dispositivos.

Surpreendentemente, a Apple não identificou as outras unidades como falsas, revelaram os documentos apresentados no tribunal. Embora fosse obrigatório que essas unidades tivessem um número IMEI válido para a garantia, ainda não se sabe onde ou como Jiang e o seu parceiro conseguiram contornar este problema.

Para já, o agressor pagou à Apple 200 mil dólares, que ele obteve depois dos seus pais terem vendido a casa na China. Também foi condenado a ficar sem o seu Mercedes-Benz 2015.

enganou a Apple

Esta situação foi realmente grave, mas há algo que me faz confusão. Todos sabemos que a Apple não faz substituições por acaso. É preciso comprovarmos que algo não está bem. Se isto é difícil com uma unidade, imaginem com mais de 1000. Ora como é que este estudante chinês conseguiu fazê-lo com iPhones falsos e que aparentemente nem tinha IMEI associado? Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Quer receber notificações gratuitas no seu smartphone ou computador sempre que lançamos um novo artigo? Clique aqui.

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Leia também

Samsung Galaxy F41 chega amanhã! O que há de novo?

Passou cerca de uma semana desde que os rumores começaram a circular. A Samsung vai mesmo apresentar um novo equipamento Galaxy F num futuro...

Oops? Jogadores estão a comprar a Xbox One X em vez da Series X

Só para ter noção do que está a acontecer, as vendas da Xbox One X aumentaram 747% na Amazon... Ou seja, os jogadores menos...

WhatsApp recebe imagens autodestrutivas! Veja como funciona

O WhatsApp tem estado a testar uma novidade de imagens autodestrutivas nos últimos meses. As primeiras provas surgiram pela primeira vez no início deste...

Windows 10 recebe patch com lista monstruosa de correções

Depois da pequena lista de correções de bugs do Patch Tuesday de setembro para a atualização do Windows 10 de outubro de 2020 (versão...

Android 11 na TV: o que está presente na nova versão!

A Google está a acompanhar o lançamento do Android 11 com muitas novidades. Dito isto, foi lançada uma nova versão do Wear OS, o...