Ryzen 3000

Já não é novidade para ninguém que a AMD está finalmente a ter sucesso no mercado de processadores. Mas o que muitos podem não saber, é que a grande rival da Intel começou logo na primeira geração Ryzen a ganhar uns quantos fãs, graças a tudo aquilo que trouxe para cima da mesa.



Portanto, como também já disse aqui várias vezes, a AMD passou por um mau bocado, enquanto permaneceu na sombra da Intel e NVIDIA durante quase uma década. Apostando em produtos baratos, mas incapazes de chegar ao mesmo nível de performance das grandes rivais. O que por sua vez, começou a magoar a empresa internamente, com várias personalidades a escolher sair, e a AMD a entrar num estado de quase falência muito grave. (Temos o grande exemplo de Raja Koduri, que trocou a Radeon Tech pela Intel)

Mas tudo isto levanta a questão… Porque razão são os processadores Ryzen tão especiais?

Intel vs AMD

Muito resumidamente, a AMD conseguiu lançar um processador com muitos núcleos (os Ryzen de 1ª geração mataram oficialmente o domínio dos CPUs Quad-Core!), capaz de uma performance por núcleos muito decente (abaixo da Intel) a um preço muito apelativo. Ou seja, a rival da Intel atacou em 3 sítios bastante interessantes, em vez de apenas um como tinha sido habitual! No preço, na performance e no número de núcleos,



É verdade que os primeiros Ryzen não eram os melhores para Gaming.

Mas também é verdade que um PC não serve apenas e só para jogar. Foi devido a isto que o Ryzen 5 1600 foi um autêntico sucesso! Um processador equilibrado, barato, capaz de oferecer uma boa performance em tudo o que realmente quisesse fazer na sua máquina.

Afinal de contas, estamos a falar de um CPU com 6 núcleos e 12 threads, que custava menos de 200€.

Entretanto, passados quase 3 anos, já temos a terceira geração de processadores AMD Ryzen no mercado! E escusado será dizer… A evolução foi real!

Muito curiosamente, os processadores AMD Ryzen 3000 são agora a primeira escolha do consumidor em quase todos os segmentos de preço. Com a Intel a ser relegada apenas para o topo do mercado Gaming, onde o i9-9900K e 9900KS ainda têm uma ligeira vantagem no IPC.

Estamos quase perante um filme old school da Disney, em que a Princesa estava a morrer, e do nada passa a ser a heroína da história. Afinal, a AMD esteve quase a ‘morrer’ e agora está a roubar mercado à Intel como gente grande!



Dito tudo isto, na verdade, os consumidores gostam mesmo de uma história. Especialmente quando o ‘Lobo Mau’ Intel passou os últimos 10 anos a apostar constantemente na mesma arquitetura, no mesmo número de núcleos, enquanto subia os preços.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.