(Especial) Intel vs AMD: Qual é o melhor processador para Gaming?

(Especial) Intel vs AMD: Qual é o melhor processador para Gaming? – A Intel foi a rainha do mercado de processadores durante quase uma década, dominando em todas as gamas, aumentando os preços ano após ano sem sequer se preocupar muito com a evolução arquitetural dos seus produtos. Tudo porque a AMD esteve à beira da falência, ao lançar produtos focados no preço, sendo incapaz de competir na performance… Até agora!

Afinal de contas, como deve saber, as coisas começaram a mudar em 2017! Quando a AMD lançou os primeiros Ryzen baseados na inovadora arquitetura Zen de 14nm.

Intel vs AMD:

Foi aqui que a Intel sentiu finalmente alguma rivalidade do outro lado da barricada. Aliás, foi nesta altura que os processadores Quad Core começaram a desaparecer, graças ao aumento de núcleos e threads que a rival da Intel trouxe para cima da mesa! (Ryzen 5 1600 com 6 núcleos e 12 threads a 190€? Claro que sim!)

No entanto, mesmo com o grande avanço dos primeiros Ryzen, a Intel continuou a dominar na performance. Por isso, a AMD continuou a atacar nos preços, enquanto desenvolvia as arquiteturas Zen+ (14nm) e Zen 2 (7nm). Dito isto, passados 2 anos, demos as boas vindas aos Ryzen 3000 baseados na previamente mencionada arquitetura de 7nm, onde finalmente vimos a Intel a mandar um grito de medo daquilo que poderia acontecer.



O que levanta uma questão… Intel vs AMD: Qual é o melhor processador para Gaming?

Portanto, ambas as ofertas são agora muito boas! No entanto, a AMD tem prós e contras diferentes dos da Intel. Ou seja, muito resumidamente, enquanto a Intel ainda se fia muito nas frequências super altas, a AMD está focada em aumentar o número de núcleos e threads. (Algo que a Intel também está a tentar fazer, apesar das muitas limitações do processo de 14nm que ainda utiliza.)

Ainda assim, temos de dizer que os jogos ainda não aproveitam os processadores multi-core como deve de ser. Ou seja, os ‘devs’ ainda dão muita importância a 2-4 núcleos muito rápidos, em vez de utilizar ao máximo as potencialidades dos 8, 12 ou 16 núcleos que a AMD oferece na sua gama. O que claro está… Dá a vantagem à Intel.

Intel vs AMD:

No entanto, a AMD tem feito melhorias brutais ao IPC (Instruções por clock), chegando a um nível de quase igualdade com a Intel. Aliás, para ter noção, os Ryzen 3000 são a escolha certa em quase todos os segmentos de preços, menos no mais alto, em que o i9-9900K é ainda o rei da performance, graças às suas frequências altas.

Em suma, desde o lançamento dos primeiros Ryzen, a AMD tem feito um grande esforço na otimização dos seus produtos. Fazendo várias parcerias com estúdios de renome para melhorar as ferramentas de desenvolvimento, levando as vantagens do multi-core para o mundo dos videojogos. Prova disso é a evolução do desempenho dos primeiros Ryzen, em relação aos rivais Intel da altura.



Muito resumidamente, se está indeciso entre uma ou outra plataforma. É sempre bom saber o que realmente irá fazer com a sua nova máquina. Se for apenas e só jogar, é provável que a Intel ainda tenha a vantagem. Contudo, se quiser editar vídeos, fotos, streaming, etc… Além dos jogos, então a AMD está a rir para si.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

Apple A15 Bionic: A arma secreta do iPhone 13?

A Apple já lançou a sua nova gama de smartphones, anunciando 4 novos aparelhos dentro da gama iPhone 13, todos eles equipados com o...

Google Fotos já está a ganhar um novo design! Veja o que mudou

Agora e depois da app da Google ter recebido os toques necessários para se adaptar da melhor forma ao design do Android 12, chegou...

Já temos uma empresa Chinesa a lançar placas gráficas ‘interessantes’

A empresa Chinesa Jingjia Micro parece ter finalmente conseguido terminar o desenvolvimento da sua gama de placas gráficas JM9, 2 anos depois de a...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!