(Ensaio) Nissan Ariya: Um 100% elétrico sensacional!

Já conduzi muitos carros ao longo destes últimos 8 anos de Leak, muitos deles 100% elétricos, mas, tendo isso em conta, olho para o Nissan Ariya como um teste especial e diferenciado. Adorei o carro!

(Ensaio) Nissan Ariya: Um 100% elétrico sensacional!

Portanto, no papel, e esquecendo todo o material de marketing que a Nissan meteu cá fora, o Ariya parece um carro elétrico de grandes dimensões completamente normal. Mas, quando entramos pela primeira vez no veículo, é que se começa a perceber que a coisa não é bem assim.

Temos uma atenção ao detalhe que pura e simplesmente não é normal no mundo automóvel atual, especialmente na componente tecnológica, visto que tudo parece ter saído do futuro diretamente para este carro da Nissan. Além disso, temos espaço, temos conforto, e claro, também temos um nível de performance que achei incrível para o tamanho e peso deste veículo.

Design

Logo a uma primeira vista, o Ariya parece especial, com linhas fora do normal no exterior, e um interior que deixa mesmo água na boca. Aliás, ficamos logo com a ideia de que temos algo de diferente à nossa frente, na realidade muito acima daquilo que a Nissan tem vindo a fazer no espaço dos carros pensados para famílias.

O nível de qualidade no interior é mesmo incrível, visto que vai deixar muitos rivais diretos, ao mesmo preço, a comer pó. Porém, como em todo o pano cai a nódoa, a realidade é que a Nissan usa e abusa de controlos touch para controlar muita coisa no veículo. São botões touch com feedback tátil, e por isso são superiores ao botões touch banais do mundo automóvel atual. Ainda assim, seja o carro super moderno ou não, o botão físico é o rei, e deve continuar a ser o rei.

Tirando esse detalhe, tudo o resto é incrível, o toque dos materiais é do melhor que tenho visto no mercado, e também temos muita e boa tecnologia, como arrumação motorizada, espelho retrovisor com câmara embebida, entre muitas outras coisas. Aliás, até o ajuste do volante é mecânico. Luxo!

Performance

Apesar do facto de ser um SUV elétrico grande e pesado, a experiência de condução é realmente digna dos bons velhos tempos da Nissan. Temos uma direção assertiva, uma aceleração que lhe vai meter um sorriso no rosto, e na realidade, uma autonomia convincente. Tudo isto numa condução extremamente confortável e suave.

Existem duas versões mais “normais” uma com bateria de 63 kWh e 214 cavalos (300Nm) e outra com 87 kWh que vai aos 239 cavalos. Qualquer uma delas chega aos 100 quilómetros por hora em pouco mais de 7 segundos. Bem como versões e-4ORCE que elevam estes números para algo ainda mais apetecível. Mas pode ter a certeza que qualquer uma delas lhe vai dar um arrepio na espinha quando meter o automóvel em modo desportivo e decidir levar o pedal ao fundo. É mesmo qualquer coisa.

Já no campo da bateria, temos mais ou menos 400 quilómetros na versão básica, e qualquer coisa como 530 quilómetros na bateria de maiores dimensões. O carregamento vai até aos 130 kW, o que significa 80% de bateria em mais ou menos meia hora (no posto certo).

Conclusão

É um dos melhores carros elétricos que tive a oportunidade de conduzir. Adorei a experiência. Porém, é um carro que pode ficar caro se quiser a motorização mais interessante e mais extras.

Siga a Leak no Google Notícias e não perca todas as informações mais importantes.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, fui sempre aquele membro da família que servia como técnico ou reparador de tudo e alguma coisa (de borla). Agora tenho acesso a tudo o que é novo e incrível neste mundo 'tech'. Valeu a pena!

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.

Artigos relacionados