Edge perdeu a guerra dos browsers? Parece que sim!

É inegável que a Microsoft fez um bom trabalho nas suas atualizações ao Edge, especialmente em 2020, quando o baseou no motor Chromium, sendo capaz de apagar muita da famosa história do Internet Explorer, ao finalmente conseguir apresentar um navegador rápido, e claro, cheio de funcionalidades.

No entanto, para ter sucesso neste mundo, não basta ter um bom produto, caso contrário, tanto o Mozilla Firefox, como o Opera, gozariam de um outro sucesso. É preciso saber “vendê-lo”, e pelos vistos, a Microsoft chegou a um ponto de estagnação, com a vitória a cair, facilmente, no colo da Google e do seu Chrome.

Edge perdeu a guerra dos browsers? Parece que sim!

Portanto, depois de vários semestres de subida, o Edge parece estar a estagnar no mundo dos browsers. Afinal de contas, nos últimos 4~6 meses, o Edge falhou em ganhar quota de mercado, ou chegou até a perdê-la.

Assim, no grande panorama das coisas, o Google Chrome continua a dominar com uma quota de 64.34%, logo a seguir temos o Safaria com 19.16%, e em terceiro lugar fica o Edge com 4.05% (~200 milhões de utilizadores). Sim, o Edge já ultrapassou o Firefox (3.41%), mas está ainda muito longe dos seus principais rivais.

Entretanto, a Microsoft continua a tentar adicionar novas funcionalidades, de forma a convencer os utilizadores a dar o salto, como é o exemplo da adição de uma VPN gratuita. Ou a chegada de um gestor de passwords.

Contudo, parece que a estratégia da Microsoft, em quase tentar obrigar os utilizadores do Windows a mudar de browser, não está a cair bem. Além disso, também é inegável que num mundo mobile em que o Android domina, é difícil deixar para trás todas as nossas definições pessoais, para adotar o Edge e a nossa conta Microsoft.

Além de tudo isto, como o mercado está sempre a mudar, temos também outros browsers mais focados na privacidade a ganhar alguma popularidade! Como é o caso do Brave, que já tem nas suas mãos perto de 1% da quota de mercado.

Em suma, a Microsoft vai ter de arranjar uma nova maneira de publicitar o seu Edge. Caso contrário, vai ficar presa nos 4~5%, para sempre.

Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Usa o Edge? Ou prefere o Chrome? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Entretanto clique aqui para seguir a Leak no Google Notícias e ficar a par de todas as informações mais importantes. Pode também subscrever aqui a nossa Newsletter e receber as notícias no seu e-mail.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, fui sempre aquele membro da família que servia como técnico ou reparador de tudo e alguma coisa (de borla). Agora tenho acesso a tudo o que é novo e incrível neste mundo 'tech'. Valeu a pena!

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.