à Huawei -

Com tudo o que se está a passar não me consegui lembrar de um título mais original para ilustrar este artigo. É que esta caça às bruxas já se tornou verdadeiramente cansativa. Tanto para quem está a assistir do lado de fora, como para quem está diretamente envolvido. Imagino a pressão que os colaboradores da Huawei não sentem com todas as notícias que vão chegando no dia-a-dia. É que quando se começa a ver uma luz ao fundo do túnel, surge logo alguém a abrir a vala para enterrar a Huawei. Foi exatamente por este motivo que resolvi falar dos mitos e de tudo o que se está a passar.

E agora? o que será dos smartphones que comprámos? A Huawei vai acabar!

Não. A Huawei não vai acabar! O facto de alguns o dizerem muitas vezes não torna esta informação verdadeira. A Huawei é uma gigante da tecnologia que está a passar por bullying a nível global. No entanto, quem sofre de bullying acaba por conseguir dar, mais tarde ou mais cedo, uma forte resposta. É exatamente isso que a Huawei vai fazer.

Huawei P30 Pro

A Huawei é um gigante da tecnologia. Tem milhares de negócios ao nível de implementações de redes, inclusive do 5G e uma marca destas não acaba assim. Para além disso, há países que já estão claramente ao lado da Huawei. É o caso da Rússia e do Brasil que abriram a porta a este fabricante. Como eles há muitos outros que não vão ceder à vontade americana.

Já não há mais atualizações para ninguém

Quem já tem um smartphone da Huawei vai continuar a receber atualizações. No futuro e com os novos smartphones teremos de aguardar para ficarmos a saber o que vai acontecer.

No limite a Huawei lança os equipamentos com o seu próprio sistema operativo baseado em Android. Isto significa que as apps serão compatíveis e haverão atualizações regulares tal e qual como acontece com o Android.

Huawei p30

Ainda assim tenho a certeza que esta situação entre os Estados Unidos e a Huawei se vai resolver por si própria.

Acabou-se o Facebook e o WhatsApp para os smartphones da Huawei!

Não acabou nada. A diferença é que estas apps poderão não vir instaladas, de base, nos smartphones. Como sabem até aqui e na grande maioria dos casos quando compramos um equipamento ele vem carregado de bloatware. Muitas vezes até temos de estar a remover as apps. Nela encontram-se quase sempre o Face e o WhatsApp. Ora com a mais recente decisão por parte da empresa de Zuckerberg eles não vêm instaladas por defeito, mas podemos adicioná-las sem qualquer problema.

Tenho de vender já o meu smartphone da Huawei!

Porquê? Isto não faz sentido nenhum. Quem já tem um smartphone da Huawei não vai perder nada. Nem tão pouco o smartphone vai desvalorizar. Aliás, mesmo que a Huawei acabasse (algo que não vai acontecer) até iria é valorizar. Era quase como se ficássemos com algo raro. Falando agora de forma mais séria, ninguém deve deixar de comprar os equipamentos deste fabricante devido ao que se está a passar.

No fundo seria atacar ainda mais uma marca que já está a ser bastante atacada. Na minha opinião importa fazer o oposto. No fundo, uma tomada de posição.

Tudo poderá voltar ao que era mais cedo do que se pensa…

Parece que começa a existir alguma vontade de por fim a esta disputa que se trata apenas de um braço de ferro entre os Estados Unidos e a China.

Aliás a origem do problema é simples. As negociações entre os dois países tinham chegado a um ponto, em que nenhum queria ceder… Por isso, os Estados Unidos decidiram usar o poder que têm sobre a Huawei. Isto para tentar suavizar o governo Chinês. O objetivo é claro. Tentar chegar a um acordo mais vantajoso.

No entanto parece que o secretário de estado do comércio, Steven Mnuchin, já adoçou um pouco o assunto e deu a entender que se houver vontade poderá existir um acordo.

A minha opinião continua a ser a mesma. Este problema vai acabar tão rapidamente como começou.

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.