Inicio Especiais Divórcio? Samsung pode perder Huawei e ficar em maus lençóis!

Divórcio? Samsung pode perder Huawei e ficar em maus lençóis!

Quando falamos da Samsung e da Huawei normalmente referimo-nos a estes fabricantes como concorrentes e na realidade são. Neste momento, o gigante coreano ocupa a primeira posição enquanto a Huawei está em segundo lugar. No entanto, são muito mais do que concorrência. É que independentemente de se baterem no mercado de consumo, também são parceiras de negócio. Dito isto, a Huawei dá muito a ganhar à Samsung, especialmente no negócio de semicondutores. O problema é que isto pode mudar em breve. É que de acordo com novas informações, a gigante de tecnologia sul-coreana pode perder o fluxo de receita da Huawei nos próximos dois anos.

Divórcio? Samsung pode perder Huawei e ficar em maus lençóis!

Curiosamente, ou talvez não, os cinco maiores clientes da Samsung no final do quarto trimestre de 2019 são empresas como Apple, Best Buy, Deutsche Telekom, Verizon e Huawei. Cada uma destas empresas também representa diferentes áreas nas quais a Samsung está especializada, como smartphones, semicondutores, monitores, redes 5G e muito mais.

Huawei e

Historicamente, a Huawei confiou nos negócios de semicondutores da Samsung ao nível de memórias flash DRAM e NAND para equiparem os seus smartphones. No entanto, isto pode acabar devido à nova iniciativa do governo chinês de incentivar as indústrias locais e minimizar a dependência de componentes importados nos próximos 5 anos. Isto marca uma grande mudança na China até o ano 2025.

O China Manufacturing 2025 é favorável a empresas como a Huawei, ajudando-as a serem mais auto-suficientes nos próximos anos. Isto também vai ajudar a reduzir a sua dependência da Samsung, que pode sofrer um grande golpe após esta mudança de mercado, principalmente no segmento de semicondutores. Ou seja, a empresa sul-coreana perderá uma grande fonte de receita e iria levar mto tempo a recuperar.

A Huawei obteve grande sucesso no mercado chinês de smartphones (que é o maior mercado de smartphones), o que também levou a Samsung a beneficiar de uma fonte saudável de receita nos últimos anos. Mas se a Huawei adotar alternativas locais, a Samsung pode vir a ter sérios problemas. Claro que esta empresa também tem a Intel como um dos seus grandes clientes no campo de semicondutores. De facto, esta amizade ficou ainda mais importante recentemente, com a produção de chipsets de 14nm que são fabricados nas instalações da Samsung. Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Quer receber notificações gratuitas no seu smartphone ou computador sempre que lançamos um novo artigo? Clique aqui.

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Leia também

O vidro cerâmico do novo iPhone 12 é mesmo resistente? Veja!

Na apresentação dos novos iPhones a Apple destacou várias vezes a durabilidade. De facto, este ano, a gigante da maçã resolveu apostar num vidro...

DualSense da PlayStation 5 funciona no Android e PCs

Os PCs e dispositivos Android garantem um bom suporte para diversos periféricos. Da lista fazem parte os comandos da Xbox e Stadia. No caso...

(Especial) A Apple não abandona a porta Lightning… Porquê?

Como deve saber, os novos iPhone 12 não trazem carregador nem auriculares na caixa. Uma tendência que começou um mês antes com os mais...

Play Store: instale já nos smartphones da Huawei com o Googlefier!

Não é surpresa que os dispositivos da Huawei e Honor lançados no ano passado não incluem os Google Mobile Services. É exemplo disso, o...

Os novos iPhone 12 usam um modem 5G ‘velhote’

Quando uma grande fabricante de smartphones como a Apple faz um lançamento, os consumidores estão obviamente à espera de encontrar os componentes mais modernos...