Proteção Denuvo do Assassin’s Creed Origins foi ultrapassada

44517
0
Share:

Desde o seu lançamento há 3 meses, que o Assassin’s Creed Origins da Ubisoft tem estado longe das mãos dos piratas, muito devido à DRM Denuvo… até hoje.

Denuvo Assassins Creed Origins Ubisoft

O grupo italiano de pirataria informática “CPY” anunciou que conseguiu finalmente derrotar as defesas impostas pela Ubisoft, dizendo que não só as tinham derrotado, como sem elas a performance do sistema em jogo é significativamente maior.

Isto depois de ter anunciado que já tinha conseguido derrotar o sistema Denuvo no jogo Sonic Forces.

O anúncio foi feito no Reddit, muito para o agrado de todos os que esperavam por tal acontecimento, agrado esse que não vem pelo facto destes gamers quererem “roubar” o jogo à Ubisoft, mas sim devido à decisão da gigante dos videojogos de implementar várias camadas de defesa, que além de proteger o jogo dos piratas, esgotava todos os recursos do sistema de quem o tentasse jogar.

Denuvo Assassins Creed Origins

Muitos jogadores têm se queixado de um uso indevido do processador quando o jogo está em execução, o que muitos acreditam ser devido ao uso do Denuvo 4.8 em cima do VMProtect que por sua vez está em cima das normas de segurança normais da plataforma Uplay da Ubisoft, apesar de todos concordarem que é um jogo lindíssimo graficamente, e por isso pesado para qualquer sistema.

LER MAIS
Sprint Vector e Pop-Up Pilgrims já chegaram ao PlayStation VR

É impressionante o tempo que este jogo demorou até sucumbir às garras deste grupo de pirataria, o que acaba por provar que por muito que tentem proteger alguma coisa, acaba por ser apenas mais um desafio para estes grupos organizados.

Share:
Nuno Miguel Oliveira

O que acha disto?