Cuidado Taxistas! O Google Maps vai inspecionar as rotas!

A Google está a apostar forte no Google Maps. Deste modo, está a adicionar regularmente novas funcionalidades, mas também a tornar mais simples o processo de utilização. Depois de ter adicionado recentemente o sistema que acompanha a nossa velocidade, eis que há mais uma novidade a caminho. Na prática, alerta o utilizador quando os taxistas seguem uma rota diferente do habitual.

taxistas

Cuidado Taxistas! O Google Maps vai inspecionar as rotas!

Com um simples toque num botão vamos ficar a saber quanto o taxista se desviou da rota que segundo o Maps devia ser a correcta. No entanto, nem vamos precisar de tocar no botão para ativar o sistema. Se o táxi se desviar mais de 500 metros da rota estabelecida somos logo alertados.

Taxistas

Isto é muito útil por dois motivos. Primeiro se alguém nos quiser enganar fazendo a volta turística seremos logo alertados. Em segundo lugar, caso estejamos perante um falso taxista que nos está a tentar levar para outro local temos a possibilidade de avisar as autoridades. Tudo isto através da App.

Isto é sem dúvida uma grande novidade que vai começar a ser distribuída em breve a nível global.

Entretanto, há outra novidade que salva vidas a caminho do Google Maps.

Google Maps.

Para além desta novidade referente aos taxistas, o Google Maps já fornece informações relevantes durante períodos de crise com alertas do SOS.

Estes incluem atualizações em tempo real acerca de uma determinada situação. Exemplo,  um mapa da área afetada, informações de contacto de emergência e traduções de frases comuns no idioma local. Agora e com a atualização mais recente do Maps, os alertas estão a expandir-se com gráficos mais detalhados e um novo sistema de navegação que fará o possível para salvar centenas, se não milhares de pessoas. Faz-me pensar o quão útil esta funcionalidade poderia ter sido em algumas tragédias que ocorreram no nosso país.

Por exemplo, no caso de uma tempestade ou de um furação, recebemos automaticamente um cartão de notificação de crise no Google Maps. O mapa também vai revelar a trajetória prevista da tempestade, juntamente com os horários em que o furacão deverá atingir determinadas áreas próximas. Se estivermos a passar por uma região afetada, recebemos um alerta que nos sugere uma rota mais segura.

Estes alertas dão conta de vários perigos, muitos deles em tempo real. Terramotos, inundações, tsunamis, tempestades. Enfim, uma mão cheia de calamidades. 

No caso de um terremoto, a notificação de crise revela um “shakemap”, que é uma visualização do epicentro do terremoto, magnitude e como as áreas adjacentes foram afetadas. As previsões de inundações notificam acerca de possíveis cheias, bem como onde vão ocorrer e para onde as águas deverão fluir. A Google afirma que isto é especialmente importante em regiões como a Índia, onde ocorrem mais de 20% das mortes globais relacionadas com inundações.

O renovado sistema de alertas vai chegar ao Android, iOS e à versão Web do Google Maps nas próximas semanas.

Foto

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário