Coronavírus criou um problema complicado para os smartphones

De acordo com um estudo recente da empresa de estudos de mercado IDC, a epidemia do coronavírus deverá ter um impacto negativo no mercado global de smartphones. De facto, em 2020, este mercado deverá sofrer uma queda de 2.3% e os envios para distribuição serão pouco superiores a 1.3 mil milhões de unidades. Esta epidemia vai sem dúvida representar algo de muito negativo. É que uma perda de 10.6% ano-a-ano na primeira metade de 2020 é sem dúvida significativo. No entanto, a IDC acredita que as vendas de smartphones vão aumentar novamente em 2021. Isto também porque o acesso às redes 5G será mais fácil e mais barato.

Coronavírus criou um problema complicado para os smartphones

Ou seja, a IDC acredita que os fabricantes vão levar alguns trimestres a recuperar. Um dos investigadores sénior referiu que apesar da China ter o maior mercado de smartphones  todas as regiões serão atingidas por este problema.

para os smartphones

Outro investigador da IDC, Will Wong, afirmou: “Prevemos que o mercado doméstico de smartphones na China cairá quase 40% ano a ano no primeiro trimestre. Mesmo que uma recuperação possa ocorrer em março, será difícil atingir-se o nível do ano passado ”.

A situação do Coronavírus começou em Wuhan, na China, e este país tem sido fortemente atingido. De facto, só agora é que muitas indústrias e fábricas estão a retomar a produção depois do feriado chinês que terminou há algumas semanas atrás. Dito isto, vai levar algum tempo até que essas empresas retomem as operações normais.

para os smartphones

Num ano que até tinha tudo para ser interessante graças ao 5G, eis que o impensável aconteceu. É que estas quebras na produção provocadas pelo coronavírus têm, sem dúvida, um enorme impacto nesta indústria. Há muitos fabricantes que já se estão a ressentir deste problema e nem a Apple parece escapar.

Seja como for, estou de acordo com a IDC. 2021 será bem melhor e a generalização do 5G a preços mais baixos vai dar sem dúvida uma excelente ajuda.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Leia também