Inicio Especiais Vale mesmo a pena comprar uma Smart TV da Xiaomi?

Vale mesmo a pena comprar uma Smart TV da Xiaomi?

Nos últimos dias a Xiaomi apresentou ao mundo novas Smart TV que se destacam sobretudo pelo fator preço. De facto, quando olhamos para os novos modelos 4K e até para toda a linha Xiaomi Mi 4 damos por nós a pensar que é bom demais para ser verdade.

Olhando, por exemplo, para o modelo de 55 polegadas, percebemos que é a Smart TV 4K HDR mais barata que alguma vez poderemos comprar.

Smart TV da Xiaomi

Será que este preço tão atrativo representa uma qualidade inferior? Foi exatamente isto que quisemos perceber ao olhar para os componentes e para o próprio design.

O design

A série 4 da Xiaomi não fica muito atrás dos concorrentes ao nível do design. É fina e leve sendo que ao nível do peso ronda os 19 quilos, o que está dentro da média para este tipo de equipamentos.

Smart TV da Xiaomi

Em paralelo e olhando para os modelos mais comuns que encontramos no mercado nacional as apostas da Xiaomi não ficam nada atrás. Encontramos da mesma forma modelos ultra-finos com acabamentos em metal e os mais comuns.

Especificações

A Mi TV 4 vem com um painel desenvolvido pela Samsung que disponibliza uma resolução de 3840×2160 pixeis. A isto junta-se uma taxa de contraste de 6000:1, uma latência de 8ms e um ângulo de visão de 178 graus. Importa destacar ainda o sistema de iluminação dinâmico que se ajusta aos conteúdos que estão a ser reproduzidos.

Esta série de televisões possui ainda um modo de proteção da vista que pode ser ativado manualmente.

Esta televisão é alimentada por um processador quad-core ao qual se juntam 2GB de memória e 8 GB de capacidade de armazenamento. Destaca-se ainda a presença do Wi-Fi dual band 802.11ac e Bluetooth 4.0. A isto juntam-se dois altifalantes de 8W com suporte para Dolby e DTS.

Leia também

XIAOMI MI TV 4C: 50 POLEGADAS 4K POR CERCA DE 284 EUROS!

XIAOMI MI TV 4S: TV 4K DE 55 POLEGADAS POR 387 EUROS

Software

A Mi TV é baseada em Android mas não é uma Android TV. À semelhança dos smartphones com o MIUI, a Xiaomi personalizou este sistema operativo com uma interface que baptizou de PatchWall.

O PatchWall que já tem muito de inteligência artificial dentro de si é mais útil nuns países do que noutros. É que basicamente este sistema centra-se mais nos conteúdos do que propriamente nas apps. Aprende com os gostos do utilizador e posteriormente faz sugestões. No entanto esses conteúdos fazem pouco sentido cá para Portugal onde temos um número mais limitado de serviços.

Smart TV da Xiaomi

Segundo as nossas pesquisas o Netflix que é um dos serviços de streaming mais populares em terras de Camões ainda não está disponível, embora a Xiaomi esteja em conversações com eles. Da mesma forma que se quiserem instalar a aplicação em separado e executá-la ela não vai funcionar.

Conhecendo nós o mundo da tecnologia e a criatividade dos utilizadores, é bem provável que já existam formas de colocar o Netflix a funcionar nesta televisão. O que queremos dizer é que assim que a tiramos da caixa não o faz.

Conetividade

Ao nível da conetividade as televisões da Xiaomi não ficam nada atrás da concorrência. Já aqui falámos da conetividade Wi-Fi e abordamos agora as portas. A maioria dos novos modelos da Xiaomi vem com três portas HDMI, uma porta Ethernet, uma porta digital, outra AV, uma porta USB 2.0 e eventualmente outra 3.0. Aqui é fácil percebermos que encontramos todas as opções de conectividade de que vamos necessitar.

Smart TV da Xiaomi

Ponto Final

Olhando para as caraterísticas gerais dos equipamentos e considerando que conseguimos comprar uma televisão 4K de 50 polegadas por cerca de 284 Euros e outra de 55 por 387, não há como não dizemos que não são uma excelente opção, especialmente se olharmos para as características. Se quisermos comprar cá uma Smart TV de outro fabricante conceituado com as mesmas especificações e ainda que estejam em promoção acabamos sempre por gastar, na melhor das hipóteses, uns 500 Euros. Podem existir claro raras excepções, mas estou a falar do panorama geral.

Dito isto e tiverem a oportunidade de adquirir um destes equipamentos tenho a certeza que não se vão arrepender. Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Quer receber notificações gratuitas no seu smartphone ou computador sempre que lançamos um novo artigo? Clique aqui.

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Leia também

Hoje ficámos a saber mais sobre o ecrã do Galaxy S21 Ultra!

Um analista muito conhecido do mundo Samsung acabou de partilhar alguma informação acerca do ecrã que irá chegar ao mercado pelas mãos do Galaxy...

AMD Radeon RX 6800 XT: a nova pedra no sapato da Nvidia!

Como se costuma dizer a AMD colocou toda a carne no assador. Dito isto, hoje já demos destaque à AMD Radeon RX 6900 XT....

AMD Radeon RX 6900 XT: a derradeira arma contra a Nvidia!

A AMD Radeon RX 6900 XT foi oficialmente anunciada. Na prática representa a maior arma da AMD contra a rival Nvidia e uma bela...

Galaxy Watch Active 2 recebe mais uma prenda do Galaxy Watch 3

A Samsung lançou um novo update para o Galaxy Watch Active 2 e o aspeto interessante é que chega com mais uma funcionalidade do...

O iPhone 12 tem carregamento inverso… Mas é só para a Apple!

Ao que tudo indica, os novos iPhone 12 têm mesmo a capacidade de carregar outros aparelhos sem fios. Informações que chegam agora à Internet...