Combustível Simples vs Aditivado: Qual compensa mais?

Não é a primeira vez que falamos dos diferentes tipos de combustíveis disponíveis no mercado Português, mas numa altura em que os preços continuam numa autêntica montanha Russa, e o poder de compra das famílias Portuguesas teima em baixar graças à inflação, e também devido à ganância de várias empresas, esta é uma questão que merece ter algumas respostas.

Combustível Simples vs Aditivado: Qual compensa mais?

combustíves, gasolina, gasóleo

Portanto, como deve saber, tanto no lado da Gasolina, como também do Gasóleo, temos combustível Simples e combustível Aditivado. O que muda? Bem, além de mais caros, os combustíveis aditivados contam com substâncias extras na sua composição que prometem menos impurezas, e por isso, um motor mais eficiente e mais limpo.

Porém, na realidade, o Combustível Simples também conta com aditivos, porém, em proporções mais baixas, porque claro, é obrigatório por lei.

Qual compensa mais? Bem, ninguém sabe a resposta a esta questão. Afinal, enquanto existe realmente uma diferença na performance no uso da gasolina 95 ou 98, em carros de alta performance, na questão dos aditivos, não existe uma resposta 100% correta. Porém, uma coisa é certa, as marcas exageram (e muito) nas suas campanhas de marketing que prometem mais performance, ou mais quilómetros percorridos com a mesma quantidade de combustível.

- Advertisement -

Infelizmente, na realidade, não existem muitos testes fidedignos a meter os combustíveis simples contra os combustíveis aditivados. Primeiro, porque cada marca tem a sua própria receita, que não partilha com o público ou com a própria indústria. Em segundo lugar, e mais importante, o combustível simples cumpre todas as exigências mínimas de qualidade e desempenho. (Na nossa opinião, é sempre mais vantajoso meter combustível simples, e junto do seu mecânico, tenta perceber que tipo de aditivos deve meter no tanque. Afinal, pode comprá-los no mercado aberto).

Por isso, em vez de investir em combustível aditivado, que é muitas vezes significativamente mais caro face ao simples, talvez faça mais sentido optar por outras dicas de poupança. Como verificar a pressão dos pneus regularmente (1x por mês). Verificar o nível do óleo do motor. Evitar transporte de bagagem no tejadilho por alterar as propriedades aerodinâmicas do mesmo (Maior arrasto = Maior consumo). Em ponto morto, o carro está a consumir. Já engatado, sem estar em aceleração, o consumo é zero. Brinque com este princípio nas descidas e travagens.

Entretanto clique aqui para seguir a Leak no Google Notícias e ficar a par de todas as informações mais importantes. Pode também subscrever aqui a nossa Newsletter e receber as notícias no seu e-mail.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, fui sempre aquele membro da família que servia como técnico ou reparador de tudo e alguma coisa (de borla). Agora tenho acesso a tudo o que é novo e incrível neste mundo 'tech'. Valeu a pena!

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.