AMD Ryzen

A AMD roubou finalmente o trono da performance à Intel, no início do mês passado, quando lançou a sua terceira geração de processadores Ryzen. Introduzindo assim no mercado a arquitetura Zen 2 de 7nm, ao mesmo tempo que manteve suporte ao Socket AM4 (Motherboards B350/B450/X370/X470).

No entanto, como é normal com quase todas as novas tecnologias, os Ryzen 3000 chegaram a mercado com alguns problemas… Que felizmente, a AMD já teve tempo de analisar e resolver com um novo pacote de drivers para o chipset!

Ryzen 5 1600

Portanto, o problema mais grave era relacionado com as frequências, voltagem e consumo de energia. Que aparentemente, estava a fugir ao que a AMD tinha planeado. Com ‘disparos’ sem grande sentido, mesmo que o sistema não tivesse necessidade de poder computacional adicional.

Contudo, além disto, é possível ver que a AMD também fez algumas melhorias gerais. Que em boa verdade irão ter algum impacto na performance do dia a dia… Especialmente no gaming! Ora veja:

Conclusão

Em suma, apesar de não ser um gigantesco ‘Boost’ de ~25%… É possível ver algumas melhorias na performance dos muito recentes Ryzen 3000. O que torna uma plataforma que por si só já era apetecível, e que curiosamente já metia a Intel no bolso, em algo ainda melhor.

Afinal de contas, ganhar performance em toda a escala, através de uma atualização do chipset… É uma excelente surpresa!

Ou seja, a AMD além de lançar produtos com muita qualidade, está também a oferecer um suporte acima da média. Sendo sem dúvida o caminho a seguir, pra convencer quem ainda está indeciso entre Intel e AMD.

Assim, se por acaso montou uma nova máquina ou atualizou o seu processador para um Ryzen de terceira geração, por amor de Deus, atualize as suas drivers!


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião, nos comentários em baixo.

Fonte

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.