China vai investir 2.8 mil milhões para substituir a TSMC!

A Huawei está num mundo de problemas com os Estados Unidos! Afinal de contas, o problema já não está apenas na relação com a Google! Agora, até a relação com a TSMC está em risco, depois da administração de Donald Trump ter renovado a proibição no passado mês de Maio.

Ou seja, a Huawei está agora interdita de utilizar as linhas de produção de 7nm, 5nm, e os seus acordos para a utilização das linhas de 3nm no futuro também caíram por terra. Escusado será dizer, que todo o planeamento da gigante Chinesa está agora arruinado. Especialmente quando temos em conta que a TSMC é a maior fabricante de semi-condutores do mundo, ao contar com a tecnologia mais avançada… Por isso, está na hora da China tentar fazer aquilo que faz melhor, atirar dinheiro para cima do problema.



China vai investir 2.8 mil milhões para substituir a TSMC!

7nm

Portanto, desde que os sucessivos ataques à Huawei começaram, que o governo Chinês anda a planear tornar toda a sua indústria independente de tecnologias estrangeiras. É por isso que a China já anda à procura de alternativas para a produção de chips DRAM, e agora vai investir 2.8 mil milhões de dólares para tentar meter a SMIC ao nível da TSMC, ou pelo menos perto.

Ao fim ao cabo, a SMIC está neste momento anos atrás da TSMC, a fabricante que serve de benchmark ao resto da indústria de semi-condutores. Caso não saiba, o processo mais avançado da SMIC é o de 14nm, e mesmo nestas linhas, os defeitos são mais que muitos… Visto que cerca de 70% dos produtos aqui produzidos vão diretamente para o lixo. Ou seja, segundo alguns analistas, é esperado que a SMIC apenas consiga oferecer 6000 wafers por mês, um número demasiado baixo para aquilo que a Huawei realmente necessita. (A TSMC produzia 110.000 wafers por mês)

No entanto, com investimentos deste tipo, é provável que a SMIC evolua muito rapidamente. Especialmente quando temos em conta que no mês passado tivemos um outro investimento de 2.2 mil milhões de dólares na fabricante de semi-condutores. Ou seja, 5 mil milhões em apenas 2 meses.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário