Tesla Model S

Parece cada vez mais óbvio, que o futuro do mundo automóvel passa pelos carros elétricos! Prova disso é o compromisso da BMW em lançar 25 modelos elétricos até 2023, e também o acordo fechado entre a Ford e VW, para a partilha de tecnologias no desenvolvimento destes carros.

Contudo, no mesmo evento em que a BMW anunciou o seu renovado foco nos carros elétricos, um dos seus executivos (Frohlich) disse:

  • “A mudança para os carros elétricos é um mito exagerado.”

Primeiramente vamos estudar um pouco os números do mercado

Atualmente na Europa, as vendas de carros elétricos subiram 88% (Ano após ano), enquanto as vendas a gasolina subiram subiram 5%, híbridos desceram 5%, e finalmente os carros a gasóleo desceram 18%.

BMW

A mudança não tem sido natural… Parece ser movida por interesses

No fundo, a BMW está a ser forçada a parar o desenvolvimento de motores a diesel. Isto, porque o redesign de cada modelo está a ficar cada vez mais caro, de forma a manter o motor de acordo com a legislação cada vez mais pesada.



Posteriormente, vamos ver sacrificados o modelo 1.5L de três cilindros, o motor de seis cilindros turbo e ainda o clássico V12. Frohlich disse que a BMW poderia inundar o mercado com carros elétricos… Mas quem os compraria, na Europa?

Portanto, é fácil chegar à conclusão que muitos fabricantes de veículos não sentem grande entusiasmo, em relação à cada vez mais provável mudança, apesar das suas equipas de marketing quererem passar uma mensagem otimista.

Afinal de contas, o que tem acontecido são escolhas a dar primazia aos lucros, em vez de respeitar os regulamentos impostos pelos vários países, e união europeia. (Temos o exemplo do recente ‘Dieselgate’, que não só envolveu a gigante VW, como outras fabricantes)

Em suma, os carros elétricos têm margens de lucro mais reduzidas… E por isso, as fabricantes querem continuar a apostar nos combustíveis fósseis!

Model 3

Sendo assim, segundo as leias base do mercado, seria expectável que as fabricantes seguissem aquilo que os consumidores realmente querem. O que segundo os mais recentes estudos, são mesmo os carros elétricos.

Isto, apesar de vários consumidores ainda estarem de pé atrás, devido à incerteza acerca de potenciais problemas, e claro, falta de autonomia.

Contudo, verdade seja dita, os carros elétricos são muito mais fiáveis que qualquer outro carro ‘normal’. Devido à simplicidade do seu sistema de motorização, que tem muito menos peças móveis.



É também verdade que vários consumidores têm algum medo quanto à segurança destes veículos. No entanto, nos Estados Unidos, os 5 carros a combustão mais populares do mercado… Estão todos abaixo dos carros elétricos mais populares, nos testes de segurança.

Dito tudo isto, apesar de a nível de segurança e problemas, não existir causas para preocupação… A autonomia ainda assusta muita gente!

E existe razão para isso, visto que dependendo do país, as redes de carregamento tanto podem ser decentes, como uma autêntica vergonha! Mas vamos deixar isto para outro artigo.

Conclusão

Em suma, muitos fabricantes e até stands de venda, estão a torcer o nariz à eletrificação da frota de carros de cada país. Tudo em nome dos lucros, e também devido ao facto de muitos consumidores estarem de pé atrás, devido a mitos urbanos.

Assim, se por acaso todos os mal-entendidos tivessem sido eliminados… E existisse uma aposta séria das fabricantes. Quem sabe como estaria o mundo automóvel hoje dia?


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião, nos comentários em baixo.