Zenfone 6

Análise ASUS ZenFone 6: Quando escrevi o artigo das primeiras impressões acerca da nova aposta da ASUS, disse logo que a marca tinha feito uma excelente aposta, num mercado que está super saturado!

E a razão é muito simples, a ASUS não só optou por uma filosofia de design própria, como também ofereceu especificações de topo, a um preço baixo.



Porquê é que eu falo de uma filosofia de design própria?

É também muito simples… A ASUS já tentou esta estratégia em 2018, com o ZenFone 5Z, no entanto, as muitas semelhanças com o iPhone X acabaram por derrotar todo o esforço da marca, e o telemóvel rapidamente caiu no esquecimento.

Dito isto, parece que a empresa aprendeu com os seus erros, e decidiu voltar a tentar uma versão um pouco refinada da formula do ZenFone 5Z, dando vida ao ZenFone 6! Que não só traz consigo um SoC Snapdragon 855, 6 ou 8GB de memória RAM, bem como um sistema de câmera ‘Flip’, que acaba por ser algo super interessante, e que não vemos todos os dias na rua.

Aliás, enquanto estava ontem a tirar selfies no lago do campo grande, para publicar neste artigo… Muitas foram as pessoas com cara de ‘WTF!?’ a olhar para mim e para o telemóvel, enquanto este tinha o mecanismo em modo frontal.

Ou seja, a maioria das pessoas, não sabe que este aparelho existe… O que é realmente uma pena, visto que, pelo menos na minha opinião, é um aparelho inovador! E acima de tudo divertido! Muitas foram as piadas, e as perguntas que tive acerca do smartphone, enquanto o usei nas últimas duas semanas.

Mas a mais comum foi sem dúvida… Que telemóvel é esse!? Ora muito bem, vamos responder nas próximas linhas!

ASUS ZenFone 6 – O Design

O novo smartphone da ASUS, tem um design simples mas bastante apelativo, que na verdade, deverá ser chamar a atenção de qualquer consumidor.

Portanto, não tem as linhas mais arrojadas do ROG Phone, mas também não deixa de ter alguns toques Gaming, mais agressivos, que estão no ADN da empresa.

Portanto, o corpo é composto por vidro Gorilla Glass, bem como um esqueleto de alumínio. Devido a isto, tem um peso considerável, que dá a sensação de um aparelho ‘Premium’. No entanto, apesar de ter uma traseira de vidro, não conta com carregamento sem fios, o que em 2019, acaba por ser um ponto negativo, mas que é compreensível tendo em conta o preço do smartphone.

ZenFone 6:

Esquecendo isto, o ZenFone 6 vem totalmente equipado com todos os botões e portas que irá necessitar. (Bem… Falta o IR Blaster, mas talvez isso já seria pedir muito.) Assim, no lado direito, encontramos os clássicos botões ‘Power’ e de Volume, bem como um botão dedicado ‘Quick Action’.

Este botão, que faz lembrar o afamado botão Bixby dos smartphones Galaxy S, é muito mais útil que a solução da Samsung! Porquê?

Porque apesar de vir por defeito, como o botão do Google Assistant, poderá mudar para aquilo que você bem entender!

No lado contrário, não irá encontrar qualquer botão, mas irá encontrar o espaço DualSIM, com um outro ‘slot’ para um cartão microSD. Por fim, na parte de baixo do aparelho, encontramos o ‘velhinho’ áudio Jack de 3.5mm, uma porta USB-C e a tradicional coluna.

Para terminar a parte do design, na traseira, encontramos um sensor de impressão digital, bem como a grande novidade deste telemóvel… A câmera ‘Flip’! 

ZenFone 6:

Este mecanismo, permitiu à ASUS, aumentar o tamanho do ecrã, eliminando a afamada ‘Notch’. Mas vamos falar disso mais em baixo.

Infelizmente, não temos certificações IP para resistência a água e pó, o que acaba por não ser surpreendente… Visto que com peças móveis, como é a câmera, não deverá ser muito fácil, tornar tudo isto resistente ao que quer que seja.

ASUS ZenFone 6 – O ecrã

Este é muito provavelmente, aquilo que mais vão apontar como o ponto fraco do aparelho… Mas será que é?

É verdade que não é um ecrã OLED, é portanto um ecrã IPS LCD com 6.4” e a resolução de 2340 x 1080. E por isso, vamos com toda a certeza sentir falta dos pretos mais profundos, e funcionalidades como o Always On Display.

Podia falar também, da melhoria da autonomia da bateria, que os ecrãs OLED oferecem… Mas não me parece que com 5000mAh isto seja um problema, no ASUS ZenFone 6.

O grande problema deste ecrã, é sem dúvida o seu brilho, porque no máximo das suas capacidades, apenas chega aos 600 nits… O que poderá ser uma desvantagem na rua, com sol intenso.

No entanto, posso dizer que durante estas duas semanas de teste, nunca tive grandes problemas com o brilho do ecrã em si.

Apenas tive algumas dificuldades, com o modo automático de brilho, que por alguma razão, ficava sempre uns pontos abaixo daquilo que eu precisava. (Mas esta funcionalidade consegue perceber o que o utilizador prefere, e adapta-se aos poucos.)

Aliás, o ‘Leaker’ Silvio José, fez alguns testes comigo, e até metemos o seu Note 8 com ecrã AMOLED lado a lado com o ZenFone 6, sob a luz do sul, e as diferenças não foram assim tantas. (Limpa o ecrã disso oh José!)

Dito isto, em suma, irá sem qualquer tipo de dúvida, encontrar smartphones com ecrãs melhores, mas também vai muito provavelmente, ter de pagar mais alguns euros.

Ainda assim, no seu geral, estamos perante um ecrã com muita qualidade, com 100% de cobertura DCP-I3, sendo ainda protegido por vidro Gorilla Glass 6. E talvez mais importante que isto, não temos qualquer tipo de ‘Notch’, o que nos oferece um nível de imersão brutal, apesar de termos algumas margens, por ser um ecrã LCD.

ZenFone 6 conteudo

ASUS ZenFone 6 – Performance

Este é sem dúvida, um dos pontos fortes da nova aposta da ASUS! Afinal de contas, tendo em conta as especificações técnicas, este smartphone voa!

Mas é preciso dizer, que aqui não temos apenas o hardware a jogar a favor da velocidade, a própria experiência de software, ajuda muito, a tornar este telemóvel, num sério topo de gama, a fazer lembrar as primeiras ofertas da OnePlus.

Prova disso, são os resultados nos testes sintéticos, como o AnTuTu, onde consegue alcançar a marca dos 380.000 pontos, metendo mais uma vez no bolso o Galaxy S10 da Samsung, e o P30 Pro da Huawei.

Dito tudo isto, se quiser tirar o máximo da performance, é boa ideia ligar o AI Boost Mode, que apesar de gastar mais bateria, com 5000mAh disponíveis, acho que todos os ‘boosts’ são uma boa ideia.

Performance em chamada

Aqui fiquei um bocado desiludido… E para ser sincero, não percebo muito bem porquê! É que o volume de chamada, mesmo no máximo, é demasiado baixo para o ouvido de um ser humano normal… O que é extremamente estranho!

Isto porque, o altifalante é perfeitamente capaz de mandar som com bons níveis de volume, no consumo de conteúdo multimédia. Aliás, o ZenFone 6 enche facilmente uma sala, ou até consegue ser audível em ambientes com muito som de fundo. (Cheguei a utilizar o telemóvel para mostrar um vídeo num restaurante completamente à pinha, e nem precisei de meter o volume no máximo)

Talvez a ASUS consiga dar um toque, numa futura atualização do software… Afinal de contas, o objetivo de um telemóvel, é ainda fazer chamadas.

ASUS ZenFone 6 – Bateria

Outro ponto forte neste telemóvel! Como já deve ter percebido, já mencionei os 5000mAh de bateria, algumas vezes durante a análise… E não é por acaso, este smartphone é mesmo uma ‘besta’ da autonomia.

Claro que no fim do dia, irá ter resultados muito similares com o P30 Pro ou Galaxy S10 Plus. Mas isto apenas acontece, porque a ASUS não tem o mesmo sistema de gestão de energia, que estas fabricantes usam.



As aplicações continuam abertas em memória, e isso para mim, é muito importante.

No entanto, é preciso ter em conta, que o ZenFone 6 gosta muito de gastar bateria em Standby. Por isso, se gosta de deixar o smartphone em cima da mesa de cabeceira, sem o carregar, é possível que gaste uma quantidade substancial de bateria durante o seu sono.

O que nos leva a um ponto negativo, este ZenFone apenas tem suporte a carregamento com fios de 18W, e como estamos a falar de uma bateria gigante… Vai demorar bastante até que o telemóvel chegue aos 100%.

ASUS ZenFone 6 – Câmeras

O ASUS ZenFone 6 usa um sensor de 48MP Sony IMX586, na câmera principal! Contando ainda com um sensor de 13MP para a câmera de ângulo amplo. O que não é nada fora do normal, visto que existe uma mão cheia de aparelhos, com este sensor principal.

Agora… O que é realmente novidade, é termos toda esta qualidade, tanto nas fotos traseiras, como nas nossas selfies!

Como deve saber, a grande maioria dos fabricantes, prefere usar uma ‘Notch’, uma câmera ‘pop-up’, ou mais recentemente, o design que o Galaxy S10 trouxe para o mercado ‘Hole-Punch’.

Mas a ASUS não achou grande piada a estas soluções… E por isso, saiu um pouco fora da caixa, e desenvolveu uma câmera que se levanta! Para oferecer a mesma qualidade para as selfies, fotos de grupo ou até videos do utilizador.

Portanto, a câmera ‘Flip’ consegue rodar 180º, permitindo ao utilizador, brincar imenso com aquilo que pode fazer dentro deste ‘range’. Afinal de contas, temos acesso a fotos panorâmicas automáticas, e até rastreamento de objetos, de forma automática.

Ou seja, não tem de fazer nada, enquanto a câmera faz tudo por si!

Em termos de qualidade de imagem propriamente dita, o ZenFone 6 impressiona! É verdade que não temos o mesmo tratamento de imagem que a Huawei ou Samsung utilizam… Mas sinceramente, eu até acho que isto é um ponto positivo, porque conseguimos capturar imagens ‘reais’.

Mas nada melhor que ver as fotos com os seus próprios olhos:

ASUS Zenfone 6 – Conclusão e Veredicto

Em suma, por 499€, o ASUS ZenFone 6, é para mim um dos smartphones do ano! Faz exatamente o mesmo que vários topo de gama de 1000€. Sendo curiosamente mais versátil que os seus rivais, em alguns campos.

Além disto, temos uma interface super simples, e intuitiva, que não foge muito aquilo que a Google oferece no seu Android ‘limpo’, o que na minha opinião é de louvar!

Claro que não temos alguns extras, como um ecrã OLED, certificação de resistências ou até mesmo carregamento sem fios. Contudo, temos o cada vez mais raro ‘audio jack’, expansão de memória via cartão microSD… E até a luzinha de notificação LED, que começa agora também a desaparecer.

Aliás, como opinião pessoal, acho que o ZenFone 6 é exatamente o que o mercado precisa! Numa altura em que todas as marcas, querem pedir um rim e/ou um pulmão por aquilo que é apenas um smartphone.

Super recomendado!


Ademais, o que pensa sobre o telemóvel? Esqueci-me de falar de alguma coisa importante? Fale connosco nos comentários em baixo.

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.