Apple vai dizer adeus à Intel em 2021… Mas não vai dizer olá à AMD!

Não é novidade para ninguém que a Apple faz ‘magia’ nos processadores dos iPhones e iPads, ao conseguir performance equivalente ou por vezes até superior em comparação a alguns processador Intel Core pensados para o mercado de portáteis. Devido a isto, a Apple está neste momento a trabalhar forte e feio para retirar a Intel completamente da equação… E pelos vistos, os primeiros produtos ‘Intel free’ irão chegar ao mercado dentro de muito em breve.



Apple vai dizer adeus à Intel em 2021… Mas não vai dizer olá à AMD!

macbook

Portanto, verdade seja dita, a Apple nunca gostou da relação que basicamente foi obrigada a ter com a Intel nos últimos anos! Especialmente agora, que a gigante dos micro-processadores não pára de ter problemas de produção, algo que limita seriamente as parceiras como a Dell, HP, e claro… A Apple! (Isto já para não falar das descobertas incessantes de vulnerabilidades nas arquiteturas Intel!)

Por isso, está na hora de meter as cartas todas na mesa, para se ver livre da Intel de uma vez por todas. Aliás, se existe um objetivo na estratégia da Apple, é limitar ao máximo a dependência no hardware de terceiros. E como tal, tendo em conta o talento da equipa de design de micro-processadores da Norte Americana fundada por Steve Jobs, parece que está na altura de arriscar.

Assim, ter um CPU ‘by Apple’ num MacBook ou iMac irá permitir à empresa ter um controlo absoluto na performance mas também na segurança dos seus produtos, tal e qual como foi feito nos iPhones e iPads. Aliás, caso não saiba, a Apple até é capaz de oferecer soluções ARM tão ou mais poderosas que os processadores da Intel! Isto ao mesmo tempo que consegue alcançar um nível de eficiência relativamente mais alto.

De acordo com Ming-Chi Kuo, a Apple já meteu em acção a sua “estratégia agressiva de troca de processadores!”

O famoso analista do mundo Apple já veio a público revelar os planos da empresa, que deverá começar a dar resultados já no fim de 2020, ou o mais tardar, início de 2021. Dito isto, parece que esta troca de componentes também deverá resultar num aumento de lucro, visto que os processadores ‘by Apple’ deverão ser entre 40 e 60% mais baratos em relação à atual oferta da Intel.


Apple vai dizer adeus à Intel em 2021… Mas não vai dizer olá à AMD! – Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário