Connect with us

Apple

Opinião – A Apple está realmente a perder qualidade ?

Nuno Miguel Oliveira

Publicado a

Ao longo da minha vida, tive alguns produtos Apple, apesar de sempre ter tido dúvidas devido ao preço elevado exigido pela marca.

Dito isto, sempre soube ver as suas vantagens, como a experiência de utilização e qualidade de construção, mas ainda será assim?

Apple

Vou aproveitar para vos contar a minha história com os aparelhos da maçã semi-comida.

iPod Touch de 1º geração !

Apple

Fui um feliz comprador de um iPod Touch, em 2007, tinha eu cerca de 15 anos(estou mesmo velho !).

Foi uma grande compra, que valeu todos os euros, isto numa altura em que os telemóveis ainda não eram assim tão smart, e que vivia a contar os tostões da mesada.

O Facebook ainda não era a rede social de referência (o pessoal ainda usava o velhinho hi5 !).

Lembro-me perfeitamente de jogar Angry Birds, ver YouTube e meter montes de músicas sacadas do eMule ! Sentia-me no futuro !

Foi o meu primeiro contacto com a marca, e posso dizer que fiquei impressionado, aquele iPod deu tanta queda nunca se queixando.

Primeiro tablet – iPad 2

Apple

Quando entrei na faculdade, em 2011, o meu pai devia estar doente ou muito bem disposto, porque numa ida ao Colombo, decidiu oferecer-me um tablet Apple iPad 2 16GB, para ajudar nos estudos.

Fiquei nas minhas 7 quintas ! E claro que o usei para tudo menos para estudar 😛

Mais uma vez, fez-se sentir a qualidade de construção da empresa de Cupertino, o iOS também estava visivelmente bastante mais evoluído desde a altura do iPod Touch, e tive o meu primeiro contacto com o mundo do Jailbreak.

Era um aparelho muito completo, rápido, com uma excelente bateria, apenas a pecar no armazenamento, 16GB naquela altura já era muito pouco

O tablet aguentou um tratamento típico de um jovem que não dava ainda o valor apropriado ao dinheiro e ao valor das coisas, mas dito isto, nunca me deixou ficar mal, nunca apresentando mossas ou riscos.

Mas já se notava que o sistema operativo se tinha tornado demasiado fechado, o Jailbreak ajudava neste aspecto, mas não me dava a liberdade que desejava.

Por isso vendi-o 4 anos depois por 200€ (valor inicial de 479€)

  • Ainda hoje não consigo perceber como é que os produtos Apple conseguem reter tão bem o seu valor.

Aproveitando este dinheiro para investir num novo telemóvel Android, da rival Samsung.

Actualmente – Pós Steve Jobs

Depois de entrar no mundo Android, pela mão de um Samsung Galaxy S, fiquei fã da plataforma, pois não só era acessível em termos de preço, era altamente customizável.

O aparelho em si numa altura em que as grandes marcas ainda não pensavam em construir telemóveis em vidro ou metal, aguentava qualquer tipo de queda ou falta de jeito destas mãos de manteiga.

Seguiu-se um Nexus 5, depois um OnePlus One e por fim um Galaxy S6, com este último comecei a perceber que estava farto das inconsistências do Android, dos bugs, e dos atrasos das actualizações.

Lembro-me de instalar uma versão francesa do Marshmallow para o S6, porque em Portugal estava meses atrasada.

Farto de tudo isto, decidi vender o Samsung Galaxy S6 e comprar um iPhone 6s de 64GB, para perceber se realmente o mal era meu, ou do Android.

Apple

Posso dizer que fiquei totalmente rendido, o telemóvel era extremamente rápido, sendo realmente possível notar que algumas aplicações eram mais eficientes neste sistema operativo.

Isto mesmo com hardware visivelmente inferior ao do meu anterior smartphone, menos na bateria, mas também não era impressionante no Galaxy S6, por isso deixei andar.

iOS vs Android

O sistema operativo em si, era muito mais intuitivo para o utilizador, os gestos para mudar de página ou para voltar atrás num menu tornavam a experiência melhor que no lado rival, ou até o 3D touch que é excelente para chegar a mais opções de uma aplicação apenas ao usar um pouco mais de força no dedo.

São coisas que já deveriam estar implementadas no Android há muito tempo.

Sugiro que leiam o nosso versus de sistemas operativos mobile -> Android vs iOS

Strike one !

Como devem ter reparado é um iPhone 6s, por isso sim, tenho problemas de bateria, sendo normal por vezes este desligar-se com 50% de bateria.

Mas ok, por vezes os produtos tecnológicos têm problemas, tudo bem… Pensei eu…

Macbook Pro – Segundo e terceiro strike ?

Apple

Em Fevereiro de 2017, após uma época de exames em que me senti completamente farto de lidar com o meu antigo portátil e o seu sistema operativo Windows, e felicíssimo com o meu iPhone, decidi investir num MacBook Pro.

Isto na altura em que tinham acabado de sair os novos modelos, mas como ainda não estava convencido com as novas portas USB-C, comprei o modelo de 2015 de 13” que estava com um desconto de 300€.

Mal cheguei a casa, fui obviamente mexer no “brinquedo” novo

Infelizmente, nessa noite, a ver uns videos no YouTube e a testar o macOS o portátil começa a aquecer, e aí começo a ouvir um barulho estranho vindo da ventoinha do lado direito.

Foi aqui que comecei a perceber que se calhar a qualidade de construção da Apple já não era assim tão boa como antigamente

Parecia que algo estava a bater dentro do corpo de alumínio, por isso no dia seguinte fui imediatamente à loja para proceder à troca do aparelho.

Atenção, eu nem queria o dinheiro de volta, apenas queria um portátil igual, porque o meu tinha obviamente defeito de fábrica.

Foi recusada, e com isto mandaram-me falar com a Apple.

O problema foi que a Apple mandou-me falar com a loja ! Serviço de apoio ao cliente excelente após uma compra de quase 1500€.

Este assunto arrastou-se durante 15 dias, sendo apenas resolvido com a ajuda de um jurista, com uma minuta que poderia causar o fecho da loja, estes, com medo, prontamente me trocaram o computador, oferecendo o valor deste em cartões para gastar na loja.

Já que ia trocar de computador, e achei o disco de 128GB pequeno, decidi fazer um “upgrade” para o novo modelo de 13” de 1700€, que já contava com um disco de 512GB.

Pensei que apanhar dois aparelhos com defeito seguidos seria muito difícil… ahah… a pensar…

Apple

Ontem de manhã, abro o portátil para me deparar com um monte de linhas horizontais no ecrã, ainda pensei que fosse sujo, ou qualquer bug do sistema operativo.

Mas não, é mesmo um problema de hardware, e vou ter de activar a garantia.

Lá se foi a linha de pensamento… “pago mais, mas vou ter mais qualidade e por isso, menos problemas” xD

Conclusão

Apple iPhone

Tive um aparelho Apple em 2007, deu zero problemas, outro em 2011 com zero problemas.

Mas de 2016 para cá…

Um smartphone com problemas de bateria, e toda a polémica envolvida com a diminuição de desempenho que já conhecemos.

Que culminou num pedido de desculpas público e respectiva campanha de troca de bateria por 29€.

  • Essa é outra, porquê que os clientes têm de pagar 29€, porquê que a troca não é gratuita ?

E ainda um Macbook Pro com problemas numa ventoinha e ainda outro com problemas no ecrã.


ATUALIZAÇÃO

Para juntar a todo este artigo, hoje tentei trocar a bateria do 6s num reparador oficial Apple em Lisboa. Contudo, parece que o meu iPhone apenas funciona com a bateria de origem! Não aceitando carga de nenhuma das duas baterias novas que o técnico tentou montar.

Cada vez mais rendido a esta qualidade de construção !


Por vezes é normal apanhar unidades com defeito, ninguém está imune a isso, mas…

Não consigo deixar de pensar, que talvez a probabilidade de apanhar estas unidades tenha aumentado nos últimos anos… aliada a um controlo de qualidade mais reduzido, e um preço mais alto ?

Ou seja, que existe uma correlação entre tudo isto! Afinal, não pode ser obra do acaso, tantos problemas ao mesmo tempo.

Com a mudança de gerência, agora pela mão de Tim Cook, talvez exista um maior foco nos lucros, em vez do produto ?

Digo isto, porque até a nível de software, a própria Apple já anunciou que na próxima grande actualização do iOS se vai concentrar em corrigir bugs e aumentar a performance.

Até os utilizadores começaram a perceber que algo se passa, que a qualidade está a sofrer, e que os preços estão mais altos que nunca, como podemos ver no relatório de contas da empresa.

A Apple fez dinheiro sim, mas com uma diminuição significativa nas unidades vendidas.

Apple

Além disso, como disse na análise que fiz ao Samsung Galaxy A8 aqui, o Android está mais maduro, claro que continua a ter os seus defeitos, mas posso dizer que não teria qualquer problema em abandonar o meu iPhone 6s para ter coisas como ecrã OLED, boa bateria e ecrã sem margens, isto tudo sem ter de gastar 1200€ como temos de fazer no lado da maçã.


E vocês, o que acham disto ?

Outras notícias de hoje:

Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro computador aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

3 Comentários

3 Comments

  1. V. T.

    5 Fevereiro, 2018 at 15:03

    Ora ai está um artigo a meter o dedo na ferida. É precisamente esta a imagem que tenho actualmente da Apple e para agravar a situação, está o facto do Android e da Samsung estarem ambos mutissimo mais maduros. Passei do iOS para o Android e por enquanto não quero outra coisa, pois sou o feliz proprietário de um Galaxy S7 há mais de ano e meio!

    • Nuno Miguel Oliveira

      Nuno Miguel Oliveira

      5 Fevereiro, 2018 at 23:24

      Para juntar a todo este artigo, hoje tentei trocar a bateria do 6s num reparador oficial Apple em Lisboa, e parece que o meu iPhone apenas funciona com a bateria de origem, não aceitou carga de nenhuma das duas baterias novas que o técnico tentou montar.

      Cada vez mais rendido a esta qualidade de construção !

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

PUB Banner ESET

Últimas Notícias

Especiais22 mins atrás

YouTube implementou um ‘Mini-Player’ para os Browsers Desktop

Parece que, FINALMENTE, quem costuma ver vídeos do YouTube no seu computador pode festejar! Pois, já pode reproduzir os vídeos...

Hardware1 hora atrás

NVIDIA GTX 1060 GDDR5X oficialmente confirmada!

A NVIDIA GeForce GTX 1060 GDDR5X apareceu na Internet há algum tempo, indicando que a empresa se encontrava a trabalhar...

Android14 horas atrás

Android Pie chega em breve ao Xiaomi Mi A1: já está no Geekbench

A Xiaomi não foi muito rápida ao lançar a atualização do Android Oreo para o Xiaomi Mi A1. Isto pode...

Android15 horas atrás

Há um novo Nokia no Geekbench: Nokia 8.1 a caminho?

Embora a HMD Global tenha revelado novos dispositivos como o Nokia 7.1, o Nokia 3.1 Plus e o Nokia 2V,...

Android16 horas atrás

Oppo sob polémica: resultados dos testes eram adulterados!

No início do mês passado, a Huawei foi acusada de influenciar os resultados dos benchmarks. A 3DMark analisou estas suspeitas...

Android17 horas atrás

Tem um Galaxy S9 ou um Pixel 3 XL? Então não pode perder este vídeo

Existem alguns pormenores que encontra no Google Pixel 3 XL e que não verá no Pixel 3, no Pixel 2...

Android18 horas atrás

Android Pie só chega aos Samsung Galaxy no próximo ano

No mês passado, quando uma versão do Android 9 Pie adaptado pela Samsung chegou à Internet achámos que o lançamento...

Android19 horas atrás

Samsung desenvolveu tecnologia capaz de esconder a câmera frontal

Desde o lançamento do iPhone X, que a grande maioria dos fabricantes de smartphones têm feito um esforço para aumentar...