Apple está a planear produzir uns óculos de Realidade Virtual !


Por em

A Apple está aparentemente a planear produzir uns óculos de Realidade Virtual / Realidade Aumentada, que irá combinar ambas as tecnologias usando os chips proprietários da empresa, isto de acordo com o site ‘CNET’ que usa uma fonte familiar com estes planos, dizendo ainda que este produto deverá chegar em 2020.

O site descreveu os planos da Apple para fazer uns óculos de Realidade Virtual de sonho, com tecnologia que ainda nem sequer existe no mercado !

Apple Realidade Virtual
Aparelhos mais populares do mercado VR

Pelos vistos este capacete irá ter dois ecrãs 8K, um para cada olho, que parece bastante ambicioso, isto considerando que o melhor capacete de realidade virtual actual apenas consegue, com muita dificuldade, um ecrã 4K para cada olho.

Supostamente este capacete também irá ter câmeras para detecção dos arredores do utilizador, e claro que para conseguir trocar informação com o sistema a alta velocidade, irá contar com uma ‘caixa’ que possui uma tecnologia sem fios chamada “60GHz WiGi”.

Esta ‘caixa’ não será nada mais que um computador que irá ter como motor um processador proprietário da Apple de 5nm, para terem noção, o chip do iPhone X usa neste momento o processo de fabrico de 10nm.

Se estas notícias forem fidedignas, ao usar estas novas tecnologias a Apple irá conseguir fazer o primeiro capacete de realidade virtual completamente wireless, anulando uma das grandes dificuldades deste mercado, o exagero de fios.

Este projecto deverá ter o nome de código ‘T288’.


Este nível de evolução tecnológica também pode ser uma das razões do porquê da empresa estar a planear abandonar a Intel

Tudo devido á estagnação na inovação por parte da gigante dos processadores Intel, por isso esta decisão não é assim tão surpreendente.

Afinal de contas, Apple está cada vez mais a tentar afastar-se de parceiros, tentando sempre implementar as suas próprias soluções nos seus produtos.

No ano passado, a empresa anunciou que se iria afastar do seu fornecedor de processadores gráficos, a ‘Imagination Technologies’, nos próximos dois anos, e até já meteu em marcha os seus planos para trocar os ecrãs OLED por microLED  e assim diminuir a sua dependência de outras empresas como a Samsung ou LG.


Fonte

Leia também

Ou veja mais notícias de Apple

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Anterior

Intel adia mais uma vez os seus processadores de 10nm

Coolpad lança Cool 2: gama média com resistência à água

Seguinte