Android P: Sucessor do Oreo vai suportar a monocelha do iPhone X


Por em

Muito se falou (bem e sobretudo mal) da monocelha tão caraterística do iPhone X e parece que ela vai mesmo ser uma realidade, também nos sistemas Android.

Apesar do Android Oreo ainda não ter chegado a muitos equipamentos, a verdade é que a Google já começou a trabalhar na próxima atualização do sistema operativo Android, o Android P.

À semelhança do que aconteceu nos últimos anos, este sistema operativo deverá ser apresentado na próxima edição do Google I/O (a conferência anual deste fabricante) que se realiza no final deste ano.

O que esperar do Android P?

Segundo a Bloomberg, que cita fontes não reveladas da Google, o Android P vai apresentar muitas diferenças em relação ao Oreo. Uma das principais alterações será o suporte para diferentes tipos de ecrã. Isto vai permitir um suporte total para os ecrãs dobráveis, como o do Axon M, ou a adoção da monocelha do iPhone X.

Outra das novidades é uma integração ainda mais eficaz com o assistente da Google. Eventualmente o gigante dos motores de busca e não só, poderá dar permissão para os programadores integrarem o assistente nas suas próprias aplicações.

Em paralelo, vamos assistir a um redesenhar “dramático” da interface. Eventualmente poderemos estar perante o novo Material Design 2. O principal objetivo desta mudança será captar cada vez mais utilizadores do iPhone.

Para além do que já revelámos destacam-se também melhorias ao nível da autonomia.

Para já importa referir que o nome de código para o Android P, é “Pistachio Ice Cream”, ou em português, gelado de Pistachio. No entanto o nome final poderá ser diferente.

O que acham deste suporte para a monocelha?

Leia também

Ou veja mais notícias de Android

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

1 comentário em “Android P: Sucessor do Oreo vai suportar a monocelha do iPhone X”

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.