Processadores AMD Ryzen chegam aos portáteis


Por em

No último ano, temos visto a AMD a voltar ao que era antigamente, uma ameaça constante à Intel.

A nova arquitetura Zen que vemos nos processadores AMD Ryzen conseguiu oferecer concorrência ao domínio que a Intel tem tido nos últimos anos, desde os topo de gama “Threadripper” até aos mais baratos “Ryzen 3”.

Mas agora, a AMD meteu o seu alvo num mercado ainda mais apetecível, o mercado mobile, nomeadamente portáteis. 

Discutivelmente o segmento de mercado mais importante no mundo dos computadores, que tem sido dominado pela linha i3, i5 e i7 da Intel, muito devido à fraca concorrência da AMD.

Dito isto, a empresa apresentou 2 processadores mobile, o AMD Ryzen 5 2500U e o AMD Ryzen 7 2700U, pensados para portáteis ultra finos.

Como a empresa disse em Maio, estes processadores são tecnicamente APUs, ou “unidades de processamento acelerado”, que combinam um CPU com um GPU integrado, num único chip.

Neste caso, o Ryzen 5 2500U e o Ryzen 2700U, são CPUs com GPUs Radeon Vega.

AMD Ryzen para portáteis
Os novos processadores vão incluir GPUs Radeon Vega

Esta é uma vantagem chave da AMD !

Enquanto que a Intel, precisa de um parceiro como a Nvidia para apresentar gráficos de topo, a AMD tem dentro da sua própria casa a solução.

A Intel também produz soluções gráficas, mas seja por causa de patentes ou falta de experiência no ramo, a linha Iris e Intel HD nunca foi algo que um entusiasta tivesse orgulho em usar.

Ambos os processadores são chips de 15W, oferecem 4 cores e 8 threads. 

  • Ryzen 5 2500U – frequência base de 2.0GHz com boost até aos 3.6GHz
  • Ryzen 7 2700U – frequência base de 2.2GHz com boost até aos 3.8GHz

Quanto ao GPU, o 2500U oferece 8 unidades de computação(CU) Radeon Vega com a frequência de 1100MHz, enquanto que o 2700U oferece 10 CUs com a frequência de 1300Mhz.

No papel, estes processadores portam-se bem contra a nova oitava geração da Intel, que foi lançada há um mês, mas temos de esperar pelos benchmarks.

AMD Ryzen para portáteis
Die do novo Ryzen

A AMD afirma que os novos processadores oferecem performance dramaticamente superior em comparação com a ultima geração!

  • Cerca de 200% mais performance no CPU e 128% no GPU.

Mas lá está, não se deixem enganar por estes números, a ultima geração não era nenhum exemplo de poder computacional.

Conclusão

Leia também

Ou veja mais notícias de outros

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Anterior

Será The Sword of Ianna o melhor jogo de sempre para o Spectrum?

Opinião: Se casar, apague o seu Tinder!

Seguinte