AMD começou a ‘comer’ mercado à NVIDIA! Repetição dos Ryzen?


Por em

A AMD anda nas bocas do mundo, muito graças ao seu regresso ao mercado de processadores que começou em 2017 com os primeiros Ryzen, um fenómeno que apenas chegou ao seu pico em 2019, quando os Ryzen 3000 chegaram às prateleiras a oferecer uma performance brutal a um preço ‘justo’.



Dito isto, apesar da Intel ainda não estar encostada às cordas, tal é o seu tamanho no mundo da tecnologia, é notório que as coisas não estão a correr de feição para a gigante dos micro-processadores. E claro, a culpa é da AMD que basicamente ressuscitou após quase uma década de insucessos e banca rota. Bem… Se calhar estou a mentir… É que na verdade, a culpa é da Intel! Visto que se por acaso os 10nm não têm dados os problemas que tão bem conhecemos, é bem provável que os Ryzen da AMD nunca tivessem o sucesso que têm hoje em dia.

Mas isto não interessa nada agora, o tema deste artigo é mesmo o crescimento da AMD no mercado das placas gráficas!

AMD começou a ‘comer’ mercado à NVIDIA! Repetição dos Ryzen?

AMD vs NVIDIA

Muito resumidamente, a firma de estudo de mercado JPR (Jon Peddie Research) acabou de publicar a sua mais recente atualização referente ao estado do mercado de placas gráficas. E claro, como já deve ter percebido pela minha introdução, a coisa correu bem para a AMD em 2019!

Ou seja, no quarto trimestre do ano passado, a AMD Radeon viu as suas remessas aumentarem 22.6% em relação ao terceiro trimestre do mesmo ano. Entretanto, a NVIDIA viu os seus números baixar quase 2%.

Assim, ao mesmo tempo que a AMD começou a roubar quota de mercado à Intel no mundo dos processadores… Parece que também conseguiu ganhar uma nova vida no mundo das placas gráficas. Isto mesmo tendo em conta os problemas de drivers nas placas gráficas AMD Radeon Navi.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Fonte

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Anterior

UE quer o regresso das baterias removíveis! Será apenas um sonho?

Oops!? As ‘rodinhas’ de 400€ do Mac Pro não travam!

Seguinte