Inicio Hardware Afinal o Intel Z390 é afinal o Z370 com outro nome?

Afinal o Intel Z390 é afinal o Z370 com outro nome?

Existe um novo rumor acerca da nova plataforma Z390 da Intel, que deverá ser lançada ao mesmo tempo que os novos Coffee Lake-S no terceiro trimestre do ano.

Aparentemente, segundo o site ‘Benchlife’, as motherboards Z390 vão ser baseadas na já existente plataforma Z370!

Realmente, se olharmos para as duas plataformas, não iremos ver mudanças significativas. Dito isto, toda a série 300 de chipsets é baseada no processo de fabrico de 14nm, excluindo o Z370 que é baseado no processo de 22nm. (Facto importante a reter.)

Inicialmente, o Intel Z390 também seria baseado no processo de 14nm, com suporte nativo às funcionaldiades USB 3.1 Gen2, Wireless AC 802.11 AC, bem como Bluetooth 5.0.

A Intel listou o seu chipset Z390 no seu site há algum tempo, mas removeram-no há alguns dias… O que é estranho, pois a informação esteve disponível durante várias semanas! E se a empresa realmente não queria revelar a informação, poderia tirado a página do ar, assim que as notícias começaram a sair ao público.

Intel

Vamos tentar perceber porquê!

Ora bem, devido ao atraso nos 10nm, a Intel tem apostado muito na sua produção de 14nm. Aliás, a empresa até teve de suspender a produção do chipset H310 para libertar espaço na linha de produção! (O H310 deverá voltar em Julho se tudo correr bem.)

A Intel removeu os detalhes da sua página web, pois vai trocar o PCH de 14nm do Z390 pelo design de 22nm do chipset Z370!

Com a Intel a re-aproveitar o Z370 para estas novas boards… Não vamos ter suporte nativo às funcionalidade mencionadas em cima! Em vez disso, os fabricantes parceiros da empresa vão ter de usar controladores de outras empresas para assegurar estas funcionalidades.

Voltar a lançar o chipset Z370 com outro nome não parece a decisão mais impressionante do mundo… Mas os fabricantes de motherboards sentem a necessidade de lançar um novo produto. Para acompanhar os novos processadores Intel Coffee Lake-S.

Isto apesar das actuais motherboards serem compatíveis com os novos processadores. Isto se a Intel não se lembrar criar limitações por software.

Fonte Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Quer receber notificações gratuitas no seu smartphone ou computador sempre que lançamos um novo artigo? Clique aqui.

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

Leia também

Amazfit Band 5: um super-wearable por apenas 45 Euros!

Quando os primeiros wearables apareceram não tiveram uma grande aceitação no mercado. As pessoas ainda não estavam preparadas para os smartwatches, nem para as...

Galaxy S30 com Exynos já não vai levar pancada da Qualcomm

Apesar da situação que envolve o desempenho das versões Europeia e Americana do Galaxy S20 e também do Note, a Samsung vai voltar a...

Quer mais autonomia no portátil? Use o novo Microsoft Edge!

Os browsers são muito esfomeados. De facto a memória sofre muito quando visitamos vários sites e sobretudo quando temos muitos separadores abertos. O processador...

Google PlayStore: sete jogos grátis este fim-de-semana!

É sexta-feira e isto por si só é sempre uma excelente notícia. Agora que o fim de semana está a chegar, é tempo de...

Gboard: preparado para uma grande atualização no design?

A Google tem estado a trabalhar num novo design do Gboard há dois meses. Agora parece que esta novidade já está a chegar aos...