A Xbox foi feita a pensar na velocidade! Mas também na compatibilidade

A Microsoft tem uma longa luta pela frente em 2020, quando lançar a sua nova Xbox Series X de forma a rivalizar com a nova aposta da Sony, a PlayStation 5! Afinal de contas, a gigante responsável pelo Xbox Original, Xbox 360 e Xbox One, deixou cair a bola em 2013 quando falhou em dar seguimento ao sucesso da sua 360, que contra as expetativas de muitos jogadores, meteu a PS3 no bolso.



Pois bem, com tudo isto em mente, a Microsoft vai apostar tudo na sua nova consola… Ou consolas, visto que alguns responsáveis pelo projeto Scarlett já vieram a público dizer que a nova geração será denominada apenas por Xbox. O que por sua vez, abre a porta a novas consolas, visto que a Xbox Series X é apenas uma das consolas de nova geração que a Microsoft tem para oferecer. Mas voltando ao assunto…

A nova Xbox foi feita a pensar na velocidade! Mas também na retro-compatibilidade

Series X

Portanto, o SoC que serve de base à Xbox Series X foi desenhado em conjunto com a AMD de forma a oferecer uma performance fora de série, mas também com o grande objetivo de oferecer retro-compatibilidade com todos os jogos que alguma vez foram lançados para uma consola do Universo Microsoft. Sim, não estamos a brincar… As novas Xbox vão mesmo suportar 4 gerações de jogos Xbox quando chegarem ao mercado em 2020.

A retro-compatibilidade nunca esteve fora da mesa para a Microsoft!

Assim, ao contrário da Sony, a Microsoft está a meter uma quantidade massiva de trabalho no suporte aos jogos das antigas gerações de consolas. Aliás, não só irá ser possível jogar os títulos antigos, como também iremos ver várias melhorias gráficas! (Especialmente na resolução)

“Estamos a falar de um chip que representa uma nova arquitetura. Por isso, ao mesmo tempo que desenvolvíamos tudo, desenhámos um componente com compatibilidade em mente, de forma a poupar algum trabalho a médio/longo prazo! Ainda assim, não posso trivializar o trabalho que a nossa equipa está a fazer no suporte a quatro gerações de jogos. Estamos basicamente a levar o nosso legado para o futuro!

Em suma, a nova Xbox é apenas uma nova consola que irá chegar a um ecossistema maduro. Por isso, não faria sentido deixar autênticas bibliotecas de jogos de fora! Assim, todo o suporte a software será preservado.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário