Xiaomi: a tecnologia Hypercharge chega com uma fatura pesada!

A Xiaomi anunciou em Maio uma nova tecnologia chamada Hypercharge. Na prática permite carregar o smartphone com 200W. Esta tecnologia foi demonstrada ao carregar-se um Mi 11 Pro personalizado com uma bateria de 4000 mAh dos zero aos 100 em apenas oito minutos. No entanto, esta empresa revelou que isto tem um impacto na longevidade da bateria. E o impacto é assinalável, embora não seja nada do outro mundo. O carregamento da Xiaomi de 200W faz com que a bateria fique apenas com 80% da sua capacidade em apenas dois anos. Ou seja, isto depois de 800 ciclos de carregamento e descarregamento.

Xiaomi: a tecnologia Hypercharge chega com uma fatura pesada!

Tecnicamente, 800 ciclos de carga e descarga até dá mais do que dois anos. Mas não muito mais.

Entretanto há mais alguns cuidados que é preciso ter com a bateria para que tudo corra bem. Não deixar que a bateria chegue constantemente ao zero. Evitar também altas temperaturas quando se estiver a carregar. Também é importante usar-se sempre carregadores certificados.

Seja como for esta tecnologia da Xiaomi é muito inovadora!

Xiaomi carregar smartphone, Xiaomi Hypercharge

- Advertisement -

Esta empresa demonstrou isto mesmo. Carregou um Mi 11 Ultra modificado com um carregador de 200W. O video mostra o smartphone a chegar dos 0 aos 10% em apenas 44 segundos, 50% em 3 minutos e um carregamento completo em 8 minutos. Entretanto, o carregamento sem fios mostra o smartphone a chegar aos 10% em apenas 1 minuto, 50% em apenas 7 minutos e 100% em 15 minutos.

No entanto, não pense que isto vai já estar disponível no próximo smartphone. A nova tecnologia ainda está longe do lançamento comercial.

É que apesar disto ser tudo muito bonito, existem sempre preocupações no que diz respeito à duração da bateria. É que aparentemente esta velocidade pode dar origem a uma duração muito mais curta e isto é algo que ninguém quer.

Lembro que no início deste ano, houve relatos que a Xiaomi estava a preparar um smartphone com suporte para 200W. Isto para ser lançado na segunda metade do ano. No entanto, mais tarde, ficámos a saber que isto seria o somatório entre carregamento com fios, sem fios e inverso. Assim o novo valor pode ser, sem dúvida, uma soma.

Por exemplo, o Xiaomi Mi 11 Ultra que é o dispositivo mais popular suporte carregamento com fios de 67W. Do mesmo modo, suporta também carregamento sem fios de 67W. Já o carregamento inverso é de 10W. Ora tudo junto isto faz 144W.

Entretanto clique aqui para seguir a Leak no Google Notícias e ficar a par de todas as informações mais importantes. Pode também subscrever aqui a nossa Newsletter e receber as notícias no seu e-mail.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.