Apesar do Windows 10 já ter ultrapassado oficialmente o Windows 7 em termos de adoção… Este último continua muito enraizado no mundo empresarial, apesar dos custos de manutenção inerentes. Talvez por isso, a Microsoft viu uma oportunidade de fazer alguns trocos, ao aumentar o suporte ao ‘velhinho’ Windows 7 por mais três anos, se quiser pagar claro está!

Enquanto que o suporte ‘normal’ ao Windows 7 terminou em 2015, a extensão está agora a chegar ao fim! Por isso, em suma, no dia 14 de Janeiro de 2020, quem ainda utilizar este Windows… Irá deixar de receber atualizações de segurança da Microsoft!

Contudo, numa jogada bastante interessante, a empresa anunciou publicamente que quem quiser pagar, irá poder prolongar o suporte ao Windows com quase uma década de idade.

No passado, a Microsoft já fechou alguns acordos deste género! Por exemplo, a Marinha dos Estados Unidos pagou 9.1 milhões de dólares para manter todos os seus sistemas a correr com Windows XP… Por isso, esta extensão do suporte não deverá sair barata. Dito isto, quem realmente conseguir pagar, irá ver o suporte ao seu sistema operativo ‘favorito’ estendido até 2023, terminando assim ao mesmo tempo que o suporte ao Windows 8.1.

Microsoft Windows 7

Para ter alguma noção da importância deste assunto, em 2018, 40% dos computadores com Sistema Operativo Microsoft, ainda usam Windows 7! Claro que a maioria destas máquinas se encontram no segmento empresarial, onde a resistência à atualização é ainda muito forte! Contudo, na altura do Windows XP, a Microsoft não oferecia este tipo de extensões! Simplesmente ‘obrigou’ as empresas a atualizarem as suas máquinas.

Além disso, quem utiliza o ‘Windows 10 Enterprise’ e o ‘Windows 10 Education’ está a ser tratado com mais flexibilidade! Com suporte para até mais 30 meses. O que inclui as versões atuais de 1607, 1703, 1709 e 1803, bem como todas as futuras atualizações de Outono. As atualizações segmentadas de março continuarão com suporte de 18 meses, na tentativa de manter a cadência de atualização semestral que tem sido habitual até agora.

Fonte

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.