Windows 11: agora é que ninguém nos vai seguir em segredo!

A Microsoft está a trabalhar numa nova interface de privacidade para o Windows 11 dentro das definições. Nela conseguimos ver exatamente que apps ou ferramentas têm acesso a informações sensíveis e também ao hardware como câmara, microfone ou localização. Também é possível verificar aquilo que elas estão a fazer. Ou seja, para quem está no Windows 11 mais ninguém nos vai seguir em segredo.

Windows 11: agora é que ninguém nos vai seguir em segredo!

A Microsoft está a integrar o novo painel de privacidade na página Privacidade e Segurança existente nas Definições. Entretanto, pode ver a lista de aplicações que estão a usar uma câmara, localização ou microfone, e sobretudo quando estão a fazê-lo. É verdade que não é perfeito, uma vez que a função não revela tudo. Ainda assim a maioria das coisas são reveladas.

- Advertisement -

Uma grande melhoria face ao Windows 10

No Windows 10, as permissões de hardware podem ser um pouco confusas. Entretanto a Microsoft não está a dar muita informação sobre o uso da aplicação. Embora possa ver qual a aplicação que está a usar o microfone diretamente na barra de tarefas, não é possível visualizar a lista de aplicações que acederam previamente à funcionalidade de hardware.

Como pode ver na imagem abaixo, o novo painel de privacidade do Windows 11 é bastante útil e chegar lá não é difícil quando se sabe onde procurar como revela o site WindowsLatest.

Para aceder à função, abra as Definições e dirija-se à privacidade e segurança > permissões das Apps.

Esta página permite escolher entre hardware como câmara, localização e microfone. Se selecionar microfone, pode ver a sua atividade recente.

Entretanto o menu permite-lhe navegar na cronologia de utilização da câmara. Da mesma forma, pode acompanhar as atividades de pedido das aplicações para outras funções de hardware, como um microfone ou localização.

Entretanto encontramos coisas óbvias como o Microsoft Edge a utilizar a localização e Microsoft Teams a usar o microfone.

No entanto pode ver coisas mais surpreendentes como uma aplicação de terceiros a aceder silenciosamente à localização enquanto está em segundo plano.

Como referi no início, a funcionalidade não permite que descubra quando um determinado processo ou driver obteve acesso a determinadas permissões, como localização ou acesso ao microfone. Lembro que estas funções de hardware são fundamentais porque podem ser utilizadas para espiar onde está ou o que está a fazer com a câmara ou microfone.

O Windows nunca teve uma ferramenta de privacidade tão útil como esta e foi sem dúvida uma boa ideia. Entretanto a Google adicionou uma função semelhante ao Android com a versão 12 e a implementação da Google também está longe de ser perfeita.

Além de novos controlos de privacidade, a Microsoft também está a explorar novas funções da barra de tarefas para o sistema, incluindo atualizações dinâmicas.

Entretanto clique aqui para seguir a Leak no Google Notícias e ficar a par de todas as informações mais importantes. Pode também subscrever aqui a nossa Newsletter e receber as notícias no seu e-mail.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.