WhatsApp prepara-se para receber os grupos sem nome

O WhatsApp tem mais de 2 mil milhões de utilizadores em todo o mundo e tenta mantê-los satisfeitos com a introdução regular de novas funcionalidades e atualizações. Recentemente, a aplicação detida pela Meta adicionou suporte para fotografias de alta resolução e introduziu a partilha de ecrã durante as chamadas de vídeo. Agora, os utilizadores podem criar grupos sem adicionar nomes. Isto é uma atualização em relação ao passado, em que os utilizadores tinham de colocar um nome de grupo quando criavam um novo. Vamos então explicar-lhe como funcionam os grupos sem nome do WhatsApp!

WhatsApp prepara-se para receber os grupos sem nome

Mark Zuckerberg, o CEO da Meta, revelou esta atualização na sua página do Facebook. De acordo com a informação que chega do site TechCrunch, a empresa esclareceu que, ao contrário dos grupos típicos do WhatsApp que podem acomodar mais de 1000 participantes, os grupos sem nome têm um limite máximo de seis participantes.

Estes grupos serão nomeados dinamicamente com base nos utilizadores adicionados. O nome do grupo aparecerá de forma diferente para cada participante, dependendo da lista de contactos no seu telemóvel. A empresa tem planos para introduzir esta nova funcionalidade de grupo a nível global nas próximas semanas.

E isto não é tudo, pois parece que o foco do WhatsApp está nos grupos. Isto porque segundo o Wabetainfo, está a desenvolver uma nova função chamada “Partilha de histórico recente”. Esta funcionalidade está definida para partilhar automaticamente as mensagens enviadas dentro do grupo 24 horas antes de uma nova pessoa se juntar a ele. A possibilidade de utilizar esta opção será limitada aos administradores do grupo quando estiver disponível numa próxima atualização do WhatsApp.

Esta funcionalidade é certamente útil. Aborda o desafio que os novos elementos enfrentam quando tentam juntar-se a conversas de grupo e participar em discussões sem o contexto adequado. Por enquanto, a funcionalidade está em desenvolvimento, mas acabará chegar nas próximas semanas.

Siga a Leak no Google Notícias e não perca todas as informações mais importantes.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.

Artigos relacionados