Usa o Messenger e o Facebook? Então vai gostar muito disto!

No início utilizámos a app do Facebook no nosso smartphone, quer para vermos os posts dos nossos amigos, quer para conversar. No entanto, em 2014 tudo mudou. Para continuarmos a conversar tivemos de passar a descarregar a aplicação Messenger para o smartphone. Assim esta app passou a estar totalmente separada do Facebook normal. Agora parece que o Messenger vai voltar a estar incluído no Facebook.

Messenger vai voltar a estar dentro da app do Facebook

Apesar de existirem alguns benefícios para quem só quer conversar como, por exemplo, descarregar a versão do Messenger sem descarregar o Facebook, não faz muito sentido que seja assim. Quem só quiser mesmo conversar tem o WhatsApp.

Messenger vai

Agora parece que o Facebook quer trazer novamente o “Messenger” para dentro do Facebook.

A investigadora de código Jane Manchun Wong descobriu pistas desta potencial alteração. Num tweet acerca disto, ela refere que esta alteração faz parte da estratégia desta empresa em integrar todas as conversas numa só aplicação. Quando dizemos todas, falamos do Instagram, WhatsApp e Messenger.

Entretanto num tweet posterior, a investigadora afirma que quando o chat estiver novamente integrado no Facebook se vão perder algumas funcionalidades. É verdade que vamos poder continuar a conversar por mensagens de texto. No entanto, ainda vamos necessitar da aplicação separada para acedermos às chamadas telefónicas, conversação vídeo, envio de fotos e mais.

Claro que isto poderá mudar com o tempo. Assim, é possível que o Facebook depois acabe por incluir todas as funcionalidades na aplicação.

Entretanto já que falámos no Messenger, saibam que a família de aplicações do Facebook que inclui o programa de conversação, o Instagram e a própria app do Facebook, anunciaram o fim do suporte para estes dispositivos a partir de 30 de abril.

É mais uma desistência do universo Windows Phone

Em Outubro, assinala-se nove anos desde o lançamento inicial do Windows Mobile. Foi um sistema operativo interessante e cheguei a utilizar. No entanto, nunca desafiou o Android e o iOS. Em 2016 a Microsoft revelou que a plataforma tinha uma quota de mercado a rondar os 2%. Isto foi a indicação clara que este sistema operativo já não iria ser um foco da empresa. Na prática foi o começo do fim.

Depois de confirmado o fim em 2017, as atualizações de software e segurança foram acabaram em dezembro do ano passado.

De facto, muitas aplicações têm vindo a deixar de suportar o sistema operativo da Microsoft para dispositivos móveis. Esta informação foi enviada pelas próprias apps para os utilizadores.

Entretanto, a Microsoft também confirmou que o Facebook e o Messenger, que são as aplicações ainda mais populares desta plataforma, serão removidos da Microsoft Store, também a 30 de Abril.

 

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

Google TV vai dar canais premium de borla mas há um requisito!

O Google TV está realmente fantástico. Tem uma interface bem conseguida e que nos dá um rápido acesso a tudo aquilo que procuramos. No...

Netflix processada por causa de uma das séries mais vistas!

Tendo em conta que existem montes de séries na Netflix que foram realmente capazes de conquistar meio mundo, a verdade é que podem também...

Atenção para quem vai jogar FIFA 22! Existem 3 novos ícones!

Tal como acontece todos anos, parece que foram apresentados novos jogadores que de certa forma merecem ficar marcados no mundo do futebol. Sendo que...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!