TSMC decide amanhã o futuro da Huawei e não é fácil

Diversos meios de comunicação já falaram de uma reunião de acionistas da TSMC que vai ocorrer amanhã. Para além do relatório operacional anual de 2019, os acionistas vão-se concentrar em dois temas. Falo em concreto do impacto da proibição da Huawei e do estabelecimento de fábricas da TSMC nos Estados Unidos.

TSMC decide amanhã o futuro da Huawei e não é fácil

A reunião anual de acionistas da TSMC será presidida pela equipa de gestão chefiada pelos Presidentes Liu Deyin e Wei Zhejia. A reunião vai analisar o relatório de operações de 2019 e também vai abordar as perspectivas de operação para 2020.

Se a situação entre os Estados Unidos e a Huawei não melhorar, a TSMC vai deixar de fornecer chips à Huawei depois de meados de setembro. Por outras palavras, a operação da TSMC será muito afetada.

TSMC da Huawei

Além disso, a TSMC anunciou anteriormente que vai escolher o Arizona para construir uma nova fábrica de 5 nanómetros. Estima-se que este projeto custe cerca de 12 mil milhões de dólares. Isto é uma preocupação para os acionistas. Temos um grande investimento e um alto custo de mão de obra nos EUA.

A TSMC afirmou anteriormente que a produção de fábricas no exterior deve atender aos três principais requisitos de economias de escala, custo-eficácia e organização de pessoal e conclusão da cadeia de distribuição.

Nesse sentido, a fabricante de chips de Taiwan vai verificar o sentido das coisas e rever a sua estratégia. Por um lado, pode perder a Huawei como cliente. Mas, por outro lado, tem objetivos a longo prazo nos EUA. É uma decisão difícil e que afeta muitas indústrias do mercado.

No entanto, a TSMC vai andar muito ocupada. Informações recebidas através do China Taiwan Business Times revelam que a Apple, Qualcomm, MediaTek e outras pessoas adicionaram pedidos relativos a chips de 7nm no quarto trimestre e vão chegar muitos outros no que diz respeito aos processadores desenvolvidos com tecnologia de 5 nanómetros.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Leia também