(Especial) Trocar de smartphone todos os anos? Vai ser fácil!

Hoje em dia, se quiser mudar de smartphone, é muito simples, vai a uma das suas lojas favoritas, e compra o modelo que mais se identificar consigo, seja no campo da performance, ou no campo do preço. Mas… e se esta prática tiver os dias contados?

Será que o futuro passa por pagar um telemóvel, como é um pouco ter uma subscrição à Netflix, ou ao Spotify. Onde em vez de termos acesso a uma plataforma de streaming, temos acesso a hardware?

Desta forma, teria sempre acesso aos produtos mais recentes, a pagar sempre o mesmo todos os meses! Contudo, o aparelho nunca vai ser realmente ‘seu’. Interessante? Ou não?

Consegue imaginar ter o smartphone como uma subscrição? Mudar todos os anos de aparelho, mas nunca realmente o ter!?

Portanto, durante o dia de ontem, começaram a chegar à Internet várias informações de que a Apple poderia estar a planear transformar o iPhone, e outros produtos, numa simples subscrição.

O que significa isto? 

No lado da Apple, parece que vamos ter uma nova estratégia de ‘venda’ de produtos, que pode muito bem ser assimilada pelas rivais diretas, caso a coisa corra bem. Quando é que isto pode começar? Bem… Pelos vistos, já em 2022 com o iPhone 14. Como é que vai funcionar? É muito simples, paga todos os meses uma subscrição, tal e qual como se fosse uma prestação, e recebe o smartphone em casa. No entanto, desta forma, nunca irá pagar a totalidade do aparelho, como costuma fazer numa prestação de 24 ou 48 meses, e por isso, o telemóvel nunca é seu. Este é o aspeto negativo. 

Contudo, por outro lado, pode trocar de iPhone todos os anos, e manter o mesmo exato pagamento mensal. Este é o aspeto positivo.

Esta ‘novidade’ ainda está em desenvolvimento. Mas é esperado que consoante o smartphone escolhido, exista um preço diferente a pagar mês após mês. Existindo também caminhos para fazer upgrade, caso tenha escolhido o iPhone mini, em vez do normal, ou o normal em vez do Pro.

Na minha opinião pessoal, em que já passo a vida a trocar de smartphone. Não ter um aparelho “mesmo meu”, não é de todo o fim do mundo. No entanto, numa ‘casa’ em que seja tradição passar o modelo mais antigo para os mais novos, ou se venda o aparelho do ano passado para comprar o modelo mais novo, pode não fazer grande sentido. Mas lá está… Esta é apenas uma nova maneira de adquirir hardware! Que além do iPhone, pode chegar aos portáteis MacBook, ao Apple Watch, ao iPad, etc…

Parece ser algo muito interessante, que dependendo do preço mensal, pode ou não fazer sentido.

Entretanto clique aqui para seguir a Leak no Google Notícias e ficar a par de todas as informações mais importantes. Pode também subscrever aqui a nossa Newsletter e receber as notícias no seu e-mail.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, fui sempre aquele membro da família que servia como técnico ou reparador de tudo e alguma coisa (de borla). Agora tenho acesso a tudo o que é novo e incrível neste mundo 'tech'. Valeu a pena!

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.