Tecnologia de impressões digitais no ecrã chega aos painéis LCD

A empresa de tecnologia Fortsense desenvolveu uma tecnologia de impressões digitais no ecrã que tem a capacidade de funcionar em painéis LCD. É verdade que estes sistemas são cada vez mais comuns nos smartphones. No entanto, os sistemas óticos de impressões digitais funcionam apenas nos painéis OLED que são mais caros. Um dos motivos é que nos painéis LCD o scanner não consegue detetar luz através do ecrã. Agora tudo vai mudar.

Os leitores de impressões digitais no ecrã utilizam uma câmara para tirar uma foto do dedo.

Ora para esta foto ficar visível é necessário que a luz atravesse o ecrã e alcance o sensor. Isto não acontece com os painéis LCD que não transmitem luz através do ecrã. Assim, os sensores falham.

painéis LCD

No entanto, os investigadores da Fortsense revelaram recentemente sensores de impressões digitais que funcionam com painéis LCD.

Para permitir que este método de autenticação biométrica funcione com nestes ecrãs, a Fortsense modificou o painel de retroiluminação dos LCD. Estas alterações permitem que a luz passe através de um caminho especificado. Deste modo a câmara já vai poder capturar a impressão digital.

Para além de modificar o LCD, a empresa também utilizou algoritmos otimizados para detectar impressões digitais no ecrã LCD. Embora a empresa de tecnologia não tenha especificado como é que os algoritmos melhoram o reconhecimento das impressões digitais, mencionou que utiliza técnicas de aprendizagem profunda e redes neurais, o que sugere que os algoritmos aprendem mais acerca das impressões digitais ao longo do tempo. A Fortsense alegou ainda que a utilização dessas técnicas deve permitir que os sensores nos ecrãs devem ter o mesmo desempenho oferecido pelos sensores tradicionais.

Dito isto, esta tecnologia vai permitir que os smartphones mais baratos apresentem a mesma autenticação biométrica vista em aparelhos mais caros de fabricantes como a OnePlus e Huawei.

Entretanto isto ainda deve levar algum tempo até estar disponível para o público. Mesmo que a Fortsense já tenha revelado a tecnologia, pode levar algum tempo até que os sensores apareçam nos smartphones. Segundo os fabricantes devem aparecer nos smartphones até ao final do próximo ano.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário