Mal a Apple lançou os seus novos modelos 2018 MacBook Pro, a iFixit decidiu desmontar a verão de 13 polegadas e acabou por descobrir a presença de uma nova membrana de silicone sob as teclas “butterfly” do teclado.

Descoberta que os documentos internos da Apple vieram a confirmar ter sido adicionada para evitar poeira e outras pequenas partículas de causar falhas-chave.

Para nos dar uma visão melhor do novo teclado de “butterfly” de terceira geração incluído nas novas máquinas 2018 e como ele funciona, a iFixit não só desmontou todas as suas partes como fez alguns testes mais profundos, expondo o teclado a fragmentos.

iFixit testou o novo teclado do MacBook Pro 2018

A iFixit expôs o teclado a um aditivo de tinta em pó que brilha, permitindo que o local brilhe onde a poeira se acumula. No teclado do MacBook Pro 2018, a poeira acumulou-se nas laterais da membrana, deixando o mecanismo borboleta das teclas protegido. O mesmo teste foi realizado no teclado MacBook Pro 2017, que demonstrou muito menos proteção.

Como podemos ver na primeira foto, a poeira é acumulada com segurança nas laterais da membrana, deixando o mecanismo bastante protegido. As teclas com design “butterfly” de gerações anteriores são muito menos protegidas, e são quase imediatamente inundadas com a poeira e detritos brilhantes.

Com uma combinação de muita poeira e digitação agressiva, a poeira pode entrar nos clipes-chave cobertos pela membrana, sugerindo que ainda há uma pequena margem de falha.

teclado Macbook Pro 2018 ifixit

A iFixit conseguiu mesmo fazer com que o teclado falhasse adicionando “algumas partículas mal colocadas” de areia.

Embora a membrana de silicone parece ser resistente, e não há como dizer se a barreira se manterá ao longo do tempo.

Após o teste de poeira, a empresa fez uma desmontagem mais extensa do novo teclado, separando-o camada por camada. Demonstrando-se numa experiência muito cansativa, o que explica por que é que a Apple precisa de substituir toda parte de cima do teclado quando este é reparado, ainda se descobriu que a barreira de silicone é uma única folha cortada e moldada, como podemos ver na segunda figura.

Mais algumas mudanças

As teclas no teclado também foram ligeiramente redesenhadas, sendo agora menos espessas, passando dos 1,5 mm para 1.25 mm, o que tem lógica devido à adição da membrana.

A Apple não confirmou publicamente que o novo teclado”butterfly” de terceira geração foi introduzido para melhorar a confiabilidade e reduzir as principais falhas observadas nas máquinas de 2016 e 2017, embora a empresa tenha informado aos provedores de serviços autorizados da Apple que esse é o caso.

Em vez disso, no marketing do MacBook Pro 2018, a Apple alega que a nova barreira de silicone foi adicionada para introduzir uma experiência de digitação mais silenciosa, um problema que poucas pessoas parecem ter com os teclados originais.

Entretanto aproveitem um desconto de 10€ na compra de qualquer smartphone na ForallPhones ! Mas sejam rápidos, só têm de introduzir com o código FPA03RJ quando forem fazer a compra.

Mas também pode interessar:

Apple admitiu defeito nos teclados dos MacBook e Macbook Pro!

Fotos e Fonte