Surpresa: Xiaomi ultrapassou Huawei na Europa!? Trump atento!

O mercado dá muitas voltas. Durante alguns meses e apesar de todos os problemas com os Estados Unidos a Huawei conseguiu o feito de bater algumas vezes a Samsung. A questão do COVID-19 contribuiu muito para isto. No entanto, na Europa, parece que as coisas não correm tão bem. É que se na China os serviços da Google passam despercebidos, na Europa ainda não nos habituámos a viver sem ela. Mas o que tem isto a ver com a Xiaomi e a Huawei na Europa?

Surpresa: Xiaomi ultrapassou Huawei na Europa!? Trump atento!

A Canalys revelou os rankings referentes ao segundo trimestre na Europa e mostrou o top de cinco fabricantes na região. Dito isto, a Huawei passou de terceiro para quarto na Europa, tendo sido ultrapassada pela Xiaomi.

Esta empresa afirmou que as duas marcas foram responsáveis por 17% das vendas europeias no terceiro trimestre. Revelou também ao site Android Authority que a Xiaomi atingiu os 7,1 milhões de unidades na Europa durante esse período, ficando à frente da Huawei em cerca de 100.000 unidades. Entretanto a Huawei enfrenta um declínio ano a ano de 17%, enquanto a Xiaomi registou um crescimento de 65% em comparação com o ano anterior.

Xiaomi Huawei Europa

A Samsung ainda está no topo da Europa e é responsável pelos 30% dos envios para distribuição neste trimestre. No entanto, o fabricante coreano registrou um declínio anual de 31%. De fato, a Canalys afirmou que a Xiaomi e a Apple são as únicas marcas entre as cinco primeiras a registar um crescimento anual na Europa durante este período.

A Xiaomi está cada vez mais presente na Europa e o portfólio de dispositivos mais baratos está a ajudar este fabricante a destacar-se. Numa altura em que as pessoas vão querer gastar ainda menos, a aposta em equipamentos mais económicos é uma excelente ideia. Até a Apple lançou um novo iPhone SE 2020.

Aparentemente durante Abril e Maio as vendas da Xiaomi não foram propriamente uma loucura. No entanto, em Junho, foram espectaculares. Um analista atribui este sucesso às vendas o Redmi Note 8 e do Redmi Note 9.

Já na China a Huawei goza de boa saúde, sendo responsável por 70% das vendas no país.

Sabem quem está atento a isto tudo? O Tio Trump. É que o presidente norte-americano anda com um apetite especial pelas empresas chinesas como se tem visto recentemente pelo Tik Tok e por outros banimentos, como aconteceu à Huawei. Se a Xiaomi começa a brilhar muito, as retaliações podem começar. É que neste momento já nem está em causa o 5G. Recentemente o governo americano acabou de incluir a OFILM, um dos principais fornecedores de lentes OV, na lista de “inimigos” . Os parceiros da OFILM incluem vários fabricantes de smartphones como Xiaomi, Huawei, OPPO, Vivo, Lenovo, Samsung e Sony. Além disso, também fez parceria com fabricantes de automóveis, como a Geely Automobile, SAIC Motor e Changan Automobile.

Resumindo e concluindo, cuidado Xiaomi!

Fonte

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Leia também