SSD PCIe 5.0: Rápidos? Sim! Mas ninguém os quer

Como deve saber, já existem várias drives SSD PCIe 5.0 no mercado, prontas a serem compradas e instaladas num qualquer PC. Aliás, até já existem computadores portáteis com este tipo de armazenamento interno, elevando os níveis de performance para campos nunca antes vistos no mundo da leitura e transferência de ficheiros. (Link)

Mas… Como são drives caras, trazem designs estranhos ou pura e simplesmente feios, e ainda estão longe do potencial máximo do padrão, os consumidores ainda não lhes pegam. 

SSD PCIe 5.0: Rápidos? Sim! Mas ninguém os quer

Portanto, já há SSDs PCIe 5.0 no mercado, mas a verdade é que os consumidores não parecem muito interessados na sua aquisição. Aliás, os analistas de mercado já afirmam que as coisas vão ser assim até pelo menos o verão de 2024.

Porquê? É muito simples… A tecnologia além de cara, e de implicar soluções de refrigeração estranhas, grandes e pesadas. A verdade é que a velocidade de transferência de ficheiros ainda não é espantosa.

- Advertisement -

Sim, há SSDs PCIe 5.0 capazes de chegar aos 10GB por segundo, ou até 12GB por segundo. Mas custam os olhos da cara, sendo possível ter o dobro, ou até o triplo do armazenamento, se optar por um SSD PCIe 4.0, que claro está, a ultrapassar os 7GB/s, é tudo menos lento.

Caso não se lembre, o padrão PCIe 5.0 chegou ao mercado com os Intel Core 12000 em 2021. Uma tecnologia que voltou a ter um grande apoio da indústria, através dos Ryzen 7000 em 2022.

Entretanto, na altura, era esperado que a adoção fosse mais rápida, muito devido ao facto de os utilizadores quererem mais capacidade, a velocidades ainda mais altas. Estamos a falar de uma altura estranha em que o teletrabalho e telescola ditavam muitas das regras do mercado. Aliás, houve até uma onda de entusiasmo quando a Sabrent prometeu um SSD capaz de chegar aos 14GB/s na forma do Rocket X5.

No entanto, a verdade é que em 2023 andamos a olhar para SSDs com coolers gigantes, ou ventoinhas ruidosas, a bater nos 10GB/s, e a custar para cima de 400€. É um grande não!

Além disso, a verdade é que os consumidores não parecem estar com muita vontade de saltar para as novas plataformas da Intel e da AMD. Plataformas que claro está, trazem o suporte ao padrão. Porquê? Basta olhar para o preço dos processadores e das motherboards.

Em suma, muita coisa vai ter de mudar, para que o armazenamento volte a subir de nível.

Entretanto clique aqui para seguir a Leak no Google Notícias e ficar a par de todas as informações mais importantes. Pode também subscrever aqui a nossa Newsletter e receber as notícias no seu e-mail.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, fui sempre aquele membro da família que servia como técnico ou reparador de tudo e alguma coisa (de borla). Agora tenho acesso a tudo o que é novo e incrível neste mundo 'tech'. Valeu a pena!

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.