SNES Classic Mini: Será uma boa aposta para este Natal?

33512
0
Share:

Quando falamos atualmente da Nintendo a primeira consola que nos vem à cabeça é sem dúvida a Switch que já tivemos oportunidade de analisar. Podem ler o teste aqui. No entanto existe uma gama de consolas que está a fazer furor, especialmente para quem não dispensa os jogos mais antigos. Depois do lançamento da NES Mini, a SNES Classic Mini está a ter ainda mais sucesso. Será que o merece?

SNES Classic Mini: Design

Mais uma vez e como o próprio nome sugere, a ideia aqui é disponibilizar-se uma versão em miniatura da conhecida SNES.

O design é agradavelmente detalhado e mantém todos os pormenores da versão original.

Pode usar os botões de energia e reiniciar para as funções exatas e só não existem cartuchos porque todos os jogos já vêm pré-carregados.

SNES Classic Mini

Na parte traseira da SNES Classic Mini está a porta Micro-USB para alimentação e HDMI para saída de vídeo. Já na parte da frente encontram-se escondidas por uma placa em plástico que pode ser removida, as portas para ligação dos comandos.

Os controladores são fantásticos e ficámos satisfeitos por perceber que a Nintendo tenha optado por cabos mais longos, comparativamente à NES Classic Mini. No entanto não levariamos a mal se fossem ainda um bocadinho mais longos.

SNES Classic Mini

Em termos de utilização, os controladores dão a mesma sensação na mão dos originais. Sim eu tive uma Super Nintendo e agora de um momento para o outro comecei a sentir-me substancialmente mais velho…

No entanto, os novos botões e, em particular, o D-pad podem parecer estranhos para alguns utilizadores, caso nunca tenham tido uma Super Nintendo ou uma consola mais antiga.

SNES Classic Mini: configuração

Uma das características mais interessantes desta consola antiga é como tudo funciona de forma simples. Só necessitamos de a ligar a televisão, ao transformador e colocar os comandos nas portas certas.

SNES Classic Mini

Não existe necessidade de se criar perfis ou efetuar quaisquer actualizações de software.

A única coisa que o utilizador apenas necessita de decidir é entre três modos distintos de visualização:

Pixel Perfect – Disponibiliza os pixeis quadrados para que veja os jogos como ele foi pensado

4: 3 – o modo mais comum para jogar

CRT – Adiciona um filtro que nos dá a sensação de estarmos a jogar numa televisão antiga.

A interface

Caso não tenham tido a NES Classic vão ter de aprender a utilizar a inferface desta consola. No entanto não se preocupem que é um processo rápido.

Surge no ecrã um carrossel com todo os jogos e apenas é necessário usarem o comando para escolherem o pretendido.

Um símbolo no canto indica se é um jogo de um ou dois jogadores e quatro pontos indicam os pontos de suspensão.

É ainda possível ordenar os jogos por empresa que o desenvolveu, jogados recentemente ou o número de jogadores.

Um toque rápido no botão de reiniciar a consola permite guardar o seu progresso durante qualquer altura do jogo. Lembramos que podem usar até quatro.

A SNES Classic Mini vem com novas funcionalidades muito interessantes, comparativamente à versão do ano passado.

Uma vez que os jogos não estão no formato Wilde screen, a sua TV ou monitor terá barras pretas nas partes laterais. Agora já as pode preencher com várias imagens. Algumas mudam de cor em determinados jogos.

No entanto, a característica mais interessante para nós é a possibilidade de se voltar a trás numa parte do jogo, caso tenham perdido algo importante.

Apenas necessitam de ir para um dos pontos salvos e carregarem no botão X para acederem a uma espécie de ecrã de repetição. Aqui podem avançar ou retroceder e escolherem o momento exacto em que querem começar de novo. É possível andarem para trás até cinco minutos.

Jogos

Ao nível dos jogos achamos que a selecção consegue ser ainda melhor que na SNES Classic. São 21 títulos no total, incluindo um grande número de jogos bem conhecidos do público em geral.

Experimentámos todos ao longo do tempo e não tivemos qualquer problema ou perda de desempenho. Tudo funciona realmente muito bem.

Eis a lista completa de jogos:

Contra III: The Alien Wars
Donkey Kong Country
EarthBound
Final Fantasy III
F-ZERO
Kirby Super Star
Kirby’s Dream Course
The Legend of Zelda: A Link to the Past
Mega Man X
Secret of Mana
Star Fox
Star Fox 2
Street Fighter II Turbo: Hyper Fighting
Super Castlevania IV
Super Ghouls ’n Ghosts
Super Mario Kart
Super Mario RPG: Legend of the Seven Stars
Super Mario World
Super Metroid
Super Punch-Out!!
Yoshi’s Island

Deve comprar esta consola?

Antes de passarmos a esta resposta vamos a uma pequena consideração. Nós gostámos da edição do ano passado. No entanto não achámos a selecção de jogos a melhor e havia a questão do fio dos comandos ser demasiado curto. No caso da edição deste ano tudo está perfeito. A seleção dos títulos é muito boa e cada tipo de jogador vai encontrar algo com que se identifique. O problema do fio dos comandos foi resolvido e vem com dois controladores. Inclusivamente, esta consola vem até com um jogo que nunca foi lançado Star Fox 2.

Agora a resposta. Se devem comprar esta consola? Se são fãs da Nintendo será um crime não a levarem para casa. Tem um preço atrativo e não duvidem que vos vai garantir muitas horas de diversão.

Share:
Bruno Fonseca

Dê a sua opinião