O que é um sensor lambda e o que faz no seu automóvel

A Volvo introduziu os sensores lambda na década de 1970 para medir a quantidade de oxigénio nos gases de escape, e estes tornaram-se um requisito legal em toda a Europa na década de 1990. Os automóveis mais antigos têm normalmente um sensor entre o coletor de escape e o conversor catalítico, enquanto os modelos mais recentes têm dois.

O que é um sensor lambda e o que faz no seu automóvel

O que é que um sensor lambda faz?

O sensor lambda detecta a quantidade de oxigénio nos gases de escape e envia esta informação para a ECU, que assim ajusta a relação ar-combustível para otimizar o desempenho do motor.

Como funciona?

O sensor converte a informação sobre o nível de oxigénio dos gases de escape num sinal elétrico que a UCE pode ler. Entretanto a tensão criada pelo sensor varia entre 0,1 V (indicando que o motor está a funcionar com pouco oxigénio) e 0,9 V (indicando que está a funcionar com muito oxigénio). Em resposta a este sinal elétrico, a ECU altera a proporção de ar e combustível que entra no motor.

Fonte

Os motores dos automóveis funcionam eficientemente utilizando uma mistura de combustível e ar. Assim a relação entre o combustível e o ar é designada por relação estequiométrica ou lambda. Lambda é a palavra para a décima primeira letra do alfabeto grego, λ, que representa a balança e o equilíbrio.

Quando o seu motor está a funcionar com pouco combustível, significa que há demasiado ar na mistura de combustível. Uma mistura pobre produz mais poluentes de óxido de azoto e, frequentemente, provoca um fraco desempenho.

Se o seu motor estiver a funcionar com uma mistura rica, significa que não existe ar suficiente na mistura ar combustível, criando um excesso de combustível não queimado. Mais uma vez, isto pode causar mais poluição.

Com que frequência é que um sensor lambda precisa de ser substituído?

Os sensores lambda duram muito tempo – entre 50.000 e 100.000 quilómetros. No entanto, funcionam em condições de sujidade e calor, o que acaba por provocar o seu desgaste. Entretanto os sensores mais recentes têm um elemento de aquecimento, pelo que não necessitam que o motor aqueça antes de começarem a funcionar e tendem a durar muito mais tempo.

Quais os sinais de avaria?

Os seguintes sintomas podem indicar um problema com o sensor lambda do seu automóvel:

  • Falha de ignição do motor
  • Ralenti irregular
  • Consumo de combustível elevado
  • Luz de gestão do motor acesa
  • Mau desempenho
  • Falha no teste de emissões

Siga a Leak no Google Notícias e não perca todas as informações mais importantes.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.

Artigos relacionados