O que fazer se o pedal da embraiagem ficou preso ou em baixo

Alguns problemas automóveis não dão muito nas vistas. Isto significa que passam despercebidos até ser demasiado tarde. Felizmente, este não é o caso dos problemas de embraiagem, que normalmente causam muitos sintomas visíveis, incluindo um pedal da embraiagem preso ou em baixo. Assim vamos explicar-lhe os principais sintomas e o que pode fazer para resolver o problema.

O que fazer se o pedal da embraiagem ficou preso ou em baixo

Quando carrega no pedal da embraiagem, este aciona o rolamento de libertação contra a mola de diafragma, que retira a pressão de aperto da placa de pressão para desengatar o motor da transmissão. Mais simplesmente, o pedal da embraiagem dá-lhe o controlo sobre quando engatar e desengatar o motor, permitindo-lhe mudar de velocidade.

Porque é que o meu pedal de embraiagem está preso?

Escusado será dizer que, quando o pedal da embraiagem não regressa depois de o carregar, há algo de errado com o sistema de embraiagem do seu automóvel. A resposta mais óbvia é que o cabo se partiu, mas pode haver outras causas.

Cabo de embraiagem solto ou partido

Nos sistemas de embraiagem não hidráulicos, existe um cabo entrançado de aço que liga o pedal da embraiagem à forquilha e ao rolamento da embraiagem. Este pode ficar esticado com o tempo, fazendo com que o seu pedal não suba corretamente, e pode também partir-se, o que fará com que o pedal fique colado ao chão.

Alguns sinais são o facto do pedal estar rígido, das mudanças de velocidade não serem suaves.

Pouco líquido de embraiagem

As embraiagens hidráulicas dependem do líquido da embraiagem em vez de um cabo. É o mesmo que o líquido dos travões e é mantido no cilindro principal. É transferido para o outro cilindro quando carrega no pedal da embraiagem, onde a sua pressão é utilizada para desengatar a embraiagem.

óleo do motor fraco
pouring changing car engine oil

Quando o líquido da embraiagem está baixo, pode fazer com que o pedal fique colado ao chão. Alguns sinais deste problema são engrenagens a ranger, vibrações quando muda de velocidade e maior resistência do pedal.

Rolamento da embraiagem partido

Os rolamentos da embraiagem são pequenos componentes responsáveis por desligar a força motriz do motor.

Normalmente, notará que o pedal da embraiagem vibra ou fica extremamente rígido quando o rolamento da embraiagem se desgasta e nesse caso pode mesmo ficar preso.

Alguns sinais deste problema são ruídos invulgares quando prime o pedal da embraiagem e dificuldade em engrenar as mudanças.

Cilindro escravo 

O cilindro escravo move as placas de pressão para desengatar a embraiagem, tornando-o parte integrante de qualquer sistema de transmissão manual.

Um cilindro escravo avariado ou com defeito é uma das razões mais prováveis para o seu pedal do travão estar preso ao chão. No entanto, este problema raramente é indicado por apenas um sintoma. Alguns sintomas são óleo a pingar debaixo do veículo, pouco líquido de embraiagem e dificuldade em mudar de velocidade.

Cilindro principal avariado

O cilindro mestre converte o movimento mecânico do pedal da embraiagem em pressão hidráulica. Sem esta pressão, a mudança de velocidade é quase impossível. É provável que note que o pedal da embraiagem é mais fácil de pressionar do que o habitual e que permanece em baixo depois de o ter pressionado.

motor do carro a sobreaquecer, imobilizador do motor, motor do carro sobreaquecer

Fuga de fluido hidráulico

Sem pressão hidráulica, as embraiagens não funcionam. É por isso que, quando há uma fuga, esta é acompanhada por vários sintomas que não só tornam a condução mais difícil, como também mais perigosa.

Se o seu pedal de embraiagem tiver um comportamento anormal e estiver colado ao chão, uma das primeiras linhas de investigação deve ser verificar se as linhas hidráulicas e os vedantes apresentam fissuras.

Não continue a conduzir se o pedal da embraiagem estiver colado ao chão ou tiver um comportamento anormal. Isso é perigoso porque não tem o controlo total do veículo e não conseguirá mudar de velocidade corretamente.

Siga a Leak no Google Notícias e não perca todas as informações mais importantes.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.

Artigos relacionados