Samsung regista patente para smartphone multi-ecrãs

A Samsung registou uma nova patente na Organização Mundial da Propriedade Intelectual (OMPI), que apresenta um projeto para vários ecrãs num único dispositivo. O objetivo e que cada um tenha uma tarefa.

Em cada dispositivo, os ecrãs podem ser encontrados na posição frontal mais habitual, bem como numa das molduras e no painel traseiro. Olhando para os rascunhos que revelam os elementos de design, todos eles parecem utilizar a tecnologia de painel flexível. No entanto, nenhum parece ser dobrável, um tema que tem estado nas bocas do mundo nos últimos meses.

Cada um dos painéis parece suportar gestos e funcionar de forma independente. Assim é possível utilizar várias aplicações, uma em cada painel. Para além disso, o ecrã integrado na moldura pode dar acesso a notificações ou suportar gestos para a execução de determinadas funções.

Importa salientar que a utilização de um ecrã na moldura não é algo propriamente surpreendente, já que a Samsung incorporou algo que parece ser semelhante às variantes “Edge”. Ainda assim, é certo que abre um novo mundo de utilizações. Será possível utilizar as molduras como um leitor de impressões digitais ou controlar digitalmente o volume ou o brilho.

Já o ecrã traseiro também tem vantagens. A nosso ver, retira a importância da câmara para selfies que costuma estar na parte frontal dos dispositivos. Deste modo, apenas será necessária uma câmara, quer para tirar selfies (já que contamos com um ecrã na parte traseira) e para capturar as fotografias e vídeos mais normais.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Em destaque

Leia também