Samsung + Google nos smartwatches significa desistência?

Como deve saber, a Google e o mundo dos smartwatches nunca tiveram uma grande relação, com o Wear OS a parecer mais um filho abandonado que uma aposta séria no mundo dos relógios inteligentes. Ainda assim, com a promessa do lançamento de um Pixel Watch, muitos pensaram que iriamos ter um all-in da Google neste espaço, ao apresentar um verdadeiro rival ao Apple Watch! Ao fim ao cabo, os produtos Pixel têm sempre a grande missão de oferecer a experiência real Android.

Mas não, podemos esquecer o Pixel Watch… Porque ao que tudo indica, o all-in da Google vai ser feito com a Samsung e a sua gama de aparelhos Galaxy Watch.



Samsung + Google nos smartwatches significa desistência?

Portanto, naquilo que mais parece um reset ao seu Wear OS, a Google juntou-se à gigante Samsung para finalmente oferecer algo realmente interessante ao mercado.

Como é que isto vai funcionar?

Na teoria é muito simples, vamos ter uma fusão entre o Tizen da Samsung com o Wear OS da Google. Tudo isto para dar origem ao que aparentemente vai ter o nome de “Wear“.

Isto é uma excelente notícia para o mundo Android, que tem assim a garantia de um smartwatch realmente poderoso e fluido. Mas também é um mau sinal para a Google e os seus milhares de projetos que acabam abandonados… É que na verdade, isto é uma desistência da gigante da pesquisa! Que acabou por atirar a toalha ao chão no campo dos smartwatches. Ao fazer novamente ‘outsourcing’.

O que levanta uma questão… Como é que uma gigante como a Google, que é responsável pelo sistema operativo mais popular e utilizado do mundo mobile, é completamente incapaz de criar smartwatches, ou pelo menos um SO decente que dê vida a um ecossistema?

Na minha opinião, o Wear OS nunca foi um sistema operativo mau. Apenas nunca levou a ensaboadela que precisava para evoluir e realmente ser um rival sério no mundo dos relógios inteligentes liderado pela Apple e o seu Apple Watch.

Isto é estranho!

O Wear OS chegou ao mercado há quase 10 anos, primeiramente com o nome de Android Wear. Mas na verdade, nunca existiu um relógio baseado neste software que realmente fosse capaz de chamar a atenção dos consumidores. 

A Google perdeu a capacidade de perceber o que os consumidores realmente querem e precisam? É realmente preciso ir buscar a ajuda da Samsung? Como é que a Gigante Norte Americana é incapaz de se desenrascar sozinha? Tantas perguntas, e tão poucas respostas… Especialmente quando temos em conta todos os investimentos recentes, como a HTC e Fitbit, a primeira uma grande empresa do mundo dos smartphones, e outra, uma gigante dos wearables.

É incrível como com tanto talento nas suas fileiras, e tanto dinheiro nos seus cofres, a Google é perfeitamente incapaz de desenvolver a sua própria plataforma para wearables. Isto mesmo depois de a Qualcomm ter finalmente investido e lançado novos processadores.

Mesmo com a Samsung a bordo, o sucesso não é garantido!

A Samsung não é nenhuma estranha ao Wear OS, visto que os seus primeiros relógios eram baseados neste mesmo sistema operativo. No entanto, a empresa Sul Coreana rapidamente percebeu que a Google não estava a seguir o rumo correto, e abandonou o projeto para se focar no seu Tizen OS.

Agora, a Samsung tem a chance de voltar como uma heroína, e claro, a hipótese de conseguir conquistar todo o mundo Android! Ao oferecer uma gama de smartwatches capaz de comunicar a 100% com o SO mais popular do mercado de smartphones. No entanto, lá pela Samsung ter voltado, nada garante que a Google irá ser capaz de melhorar, e finalmente apresentar um produto fiável, e na verdade, 100% terminado.

O que será que isto vai dar? Temos de esperar para ver. Mas uma coisa é certa, é melhor termos a Samsung a bordo no barco Wear OS, que fora dele.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

 

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

Google TV: Tudo o que precisa de saber acerca do serviço!

Num mundo em que temos cada vez mais serviços de subscrição a ocupar o ecrã da nossa TV, eis que a gigante da pesquisa...

Netflix perdeu contra a HBO! Primeira vez em muito tempo…

Foi um ano em cheio para as plataformas de Streaming. Sobretudo porque os cinemas se encontraram fechados durante muito tempo, devido claro está, à...

Sony tem um SSD pensado para a PS5, mas é caro à sorte!

Como deve saber, a Sony lançou finalmente uma atualização para a sua PlayStation 5, que por sua vez, permite a instalação de um SSD...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!