Samsung anuncia amanhã pesadelo das máquinas fotográficas!

Os fãs da Samsung têm estado à espera há muito tempo de novos sensores de câmara ISOCELL. Eventualmente são os que vão estar presentes no Galaxy S22. A propósito disto eis que um novo leak acaba de revelar que as novas apostas se chamam ISOCELL HP1 e ISOCELL GN5. O primeiro será o rei já que tem 200 megapixéis e pode muito bem ser o pesadelo made in Samsung para as máquinas fotográficas.

Samsung anuncia amanhã pesadelo das máquinas fotográficas!

O sensor ISOCELL GN5 tem aparentemente uma resolução de 50 megapixéis. Já o ISOCELL HP1 aumenta a fasquia para os 200 megapixéis. Estas características fazem-nos lembrar de imediato o que ficámos a saber sobre os Galaxy S22. Pelo menos no que diz respeito ao ISOCELL GN5.

Samsung máquinas

Quanto ao sensor de 200 megapixéis inicialmente pensava-se que poderia chegar ao S22 Ultra. No entanto, as últimas informações têm apontado em sentido contrário.

Quanto à revelação amanhã claro que existe a possibilidade que o ISOCELL GN5 e ISOCELL HP1 não sejam anunciados. No entanto, o leaskter IceUniverse não se costuma enganar muitas vezes.

As melhorias estão presentes nos dois sensores

É verdade que podemos dar mais importância ao sensor de 200 megapixéis. No entanto, o ISOCELL GN5 também deve integrar muitos avanços. É que a Samsung avançou da designação anterior, o ISOCELL GN2 para a 5. Assim isto pode indicar muitas melhorias!

Mas será mesmo o fim das máquinas fotográficas devido à Samsung?

Do ponto de vista dos fotógrafos profissionais, com equipamentos sofisticados, a resposta é claramente não. Nunca verá fotógrafos profissionais a utilizarem smartphones como a sua câmara principal em casamentos e eventos esportivos. Mas e os fotógrafos amadores? E os pais, os adolescentes e todos os outros? Pode uma pessoa  com pouco ou nenhum treino tirar melhores com um smartphone do que com uma DSLR? Isso já pode acontecer!

É verdade que os nossos smartphones não disponibilizam o alcance de uma lente telefoto de 200 mm, mas o que falta ao nível do alcance é compensado pela espontaneidade. As pessoas vão com os smartphones para todo o lado. Com as máquinas fotográficas nem sempre acontece.

Uma DLSR com uma lente de 200 mm será ótima em muitos cenários, mas também será pesada. Com o smartphone é so tirar do bolso e fotografar.

É verdade que ainda vai levar algum tempo até termos verdadeiros sensores de alta resolução nos smartphones. Já há varias tentativas por parte da Samsung e da Huawei mas ainda não estamos no ponto certo. No entanto, a maioria das pessoas não necessita de tanta resolução, a menos que vá imprimir as fotos num tamanho de um poster. Se imprimir as imagens num tamanho normal,  as fotos ficam fantásticas quando tiradas com luz decente. Se as quiser ver no portátil ou na TV está igualmente bem servido.

Galaxy S20,smartphones da Samsung, Samsung câmaras fotográficas

Para além disso temos a conveniência. Quando acabamos de tirar uma foto com o smartphone podemos editar logo as imagens no Lightroom, publicar as melhores no Instagram e fazer backup das suas fotos para a cloud sem necessitar de remover um cartão de memória ou ligar um equipamento ao computador. Numa DSLR já são necessários mais passos.

Siga a Leak no Google Notícias e não perca todas as informações mais importantes.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.

Artigos relacionados