Ryzen 9 5900X já foi apanhado a funcionar numa motherboard A320!

Caso já não se lembre, quando a AMD anunciou as ainda muito recentes motherboards B550, ainda antes do anúncio dos Ryzen 5000, ficou imediatamente claro que não existia grande vontade por parte da empresa de ‘oferecer’ suporte às antigas motherboards B350, X370, B450 e X470 para o lançamento da nova geração de CPUs baseados na arquitetura Zen 3.

Ou seja, se por acaso quisesse um novo processador Ryzen, teria obrigatoriamente de optar por uma motherboard B550 ou X570.

No entanto, quando os consumidores começaram a criticar a decisão, a AMD voltou rapidamente atrás garantindo que ia fazer o tudo por tudo para pelo menos suportar a série de motherboards 400, ao mesmo tempo que afirmava que a série 300 era demasiado antiga e incompatível.

Pois bem, de forma bem curiosa, já temos mais que um caso em que um Ryzen 5900X (12 núcleos e 24 threads) funcionou perfeitamente numa motherboard A320, ou seja, um exemplar da gama mais baixa da AMD, sendo também um componente lançado em 2017.



O Ryzen 9 5900X já foi apanhado a funcionar numa motherboard A320!

Ryzen 9 5900X já

Portanto, enquanto a série 400 lançada em 2018 irá receber uma atualização de BIOS no início do próximo ano, a série 300, lançada em 2017, não irá ter suporte oficial à nova era de processadores. No entanto, parece que alguns utilizadores já arranjaram formas para que os novos Ryzen 5000 funcionem em algumas placas-mãe com os chipsets A320, B350 ou X370.

Aliás, recentemente, um utilizador do fórum Chiphell publicou algumas fotos do que seria um Ryzen 9 5900X, processador de 12 núcleos e 24 threads, a funcionar sem qualquer problema numa placa-mãe ASRock A320M-HDV R4.0. Nas imagens, é possível ver o CPU a ser reconhecido pela BIOS (possivelmente modificada) da placa-mãe e também pelo software CPU-Z.

Curiosamente, a custar cerca de 30€, o modelo A320M-HDV R4.0 da AsRock é um dos mais simples disponíveis mercado! Contando, por exemplo, com um sistema simples de fornecimento de energia de seis fases. Ainda assim, apesar disso, no site oficial, a fabricante garante que essa placa traz suporte até mesmo para um Ryzen 9 3950X.

Como é óbvio, não é recomendável utilizar um CPU de gama alta numa motherboard antiga de gama baixa… Contudo, isto serve como prova que a compatibilidade é possível! Aliás, temos outros casos do mesmo processador a funcionar em placas com o chipset B350 e X370… O que na verdade mete a AMD em maus lençóis.

O problema está no chip da BIOS!

Caso não saiba, o grande problema da compatibilidade nem sequer está nas VRMs de cada modelo. Mas sim no chip EPROM onde fica armazenada a BIOS. Em suma, são demasiados processadores na lista, e por isso, já não existe espaço disponível.

Mas… Em boa verdade, isto não serve como desculpa! As fabricantes podiam muito bem lançar BIOS A e B, uma para os processadores antigos e outra para os mais recentes. Os utilizadores (ou lojas) apenas teriam de instalar a BIOS correta.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

Leia também

pub