Renault Megane E-Tech: Já o conduzimos e impressiona!

O novo Renault Megane E-Tech é a grande aposta 100% elétrica do Grupo Renault para o mundo automóvel moderno. Uma aposta que tem a missão complicadíssima de vencer num dos segmentos mais árduos, e mais procurados, ou seja, o segmento C.

Pois bem, após estar ao volante do novo Megane E-Tech, posso facilmente afirmar que temos aqui uma das melhores, e mais tecnológicas, ofertas do segmento.

Contudo, a nível de disponibilidade, saiba que este 100% elétrico só chega ao mercado Português em Setembro. Ainda assim, já o testámos na variante EV60, com uma opinião geral muito positiva.

Acima de tudo, esta nova oferta demonstra que a Renault continua a apostar forte e feio no seu plano ‘Renaulution‘. Ao que tudo indica, o plano tem mesmo pernas, ou melhor… rodas, para andar.

renault megane e tech

As primeiras impressões!

Portanto, já conduzimos o novo Renault Megane E-Tech na zona norte de Portugal. Onde tivemos tempo e liberdade suficiente para apurar muitos dos argumentos que este novo elétrico tem para oferecer no mercado Nacional.

Ora bem, gostos não se discutem, mas quando falamos do novo design do Megane, a verdade é que ao vivo é ainda mais bonito que nas fotos. Naquilo que é um automóvel baseado na mais recente filosofia de design da marca, ao mesmo tempo que tenta passar uma imagem mais robusta, onde até temos uma nova assinatura luminosa incluída.

Além de tudo isto, temos aqui um veículo com umas proporções que o colocam bem perto do mundo dos crossovers. Sendo mais alto que o Megane a combustão, mas ainda assim capaz de garantir um centro de gravidade mais baixo, em cerca de 10cm, o que claro está, garante mais segurança, controlo e dinâmica na condução.

renault megane e tech

Renault Megane E-Tech – A Tecnologia

Além de ser uma oferta de peso no mundo dos carros 100% elétricos em termos de eficiência, dinâmica e conforto. A nível de interior, temos algo muito moderno e tecnologicamente rico. Temos aqui incrível evolução na digitalização da marca.

Afinal de contas, é agora a segunda grande fabricante a implementar o Android Automotive! Ou seja, temos os vários serviços da Google implementados de forma nativa!

Destaco ainda que apesar de ter como base um SO Android, é perfeitamente possível ligar o seu iPhone ao carro, usufruindo assim do Apple CarPlay, com ou sem fios.

Além do próprio Sistema Operativo, tenho de salientar os enormes ecrãs, para o sistema de entretenimento e para os mostradores. Ambos com grande qualidade de imagem e de fácil utilização, mesmo em ambientes de extrema luminosidade. Basicamente não terá qualquer problema mesmo nos dias mais solarengos.

Uma nota ainda no interior, é a utilização de muitos e bons materiais, com a inclusão de materiais reciclados e até a utilização de madeira nas portas dianteiras.

Da tecnologia à condução. Qual o veredito?

Nestas primeiras impressões, tive apenas a hipótese de conduzir a versão mais potente do Renault Megane E-Tech. Ou seja, tive ao meu dispor 220 cv de potência e 300 Nm, aliados ao pack de baterias de 60kWh.

renault megane e tech

O que isto significa em números?

Ora bem, estamos a falar da capacidade de ir dos 0-100km/h em apenas 7.6s, com a capacidade de continuar até uma velocidade máxima de 160 km/h. Mas, dos números à sensação, a verdade é que o Megane E-Tech conseguiu surpreender. Especialmente com uma aceleração bastante vigorosa, disponível a qualquer momento, e que perdura até chegar à velocidade máxima.

Além disto, temos também o novo design do volante, a meu ver muito bem vindo, mas que não muda apenas de visual. Aliás, faz parte importante do comportamento do carro. Isto porque garante um comportamento ágil e cómodo ao oferecer uma desmultiplicação superior à regra no mercado. Ou seja, em poucas palavras vira mais com menos rotação do volante.

Na dinâmica

Temos de referir o baixo centro de gravidade e a suspensão firme que garantiram sempre condução um comportamento controlado, seguro e até divertido em quase todas as situações. Com a chegada da nova suspensão multi-link para o eixo traseiro do novo Megane E-Tech.

Aliás, achei engraçado ter sido complicado adivinhar qual era o eixo que impulsionava o modelo. Isto porque, apesar de ser movido através do eixo frontal, afirmo que é capaz de controlar de forma brutal os seus 300 Nm de binário instantâneo, sem perder tração e sem queimar pneus de forma desnecessária.

Assim, sem ir a grandes limites, deu para notar que a potência de 220cv é garantida com um elevado controlo da forma como é transmitida ao asfalto!

Entretanto, a nova plataforma CMF-EV, criada de raiz para os carros 100% elétricos da Renault prova conseguir ajudar imenso o produto final da velha e conhecida fabricante. Até, a aerodinâmica fez parte importante do produto final com um coeficiente de arrasto de apenas 0.29. São tudo pontos positivos a demonstrar os 12 anos de experiência da empresa na construção de modelos elétricos. Onde temos a grande curiosidade que a bateria do Megane E-Tech é o pack mais fino que existe no mercado automóvel e consegue poupar peso ao fazer parte da rigidez estrutural de todo o modelo.

Quanto à autonomia!

Saiba que este novo modelo pode ser adquirido com até 470 km de autonomia em ciclo WLTP. Já na nossa experiência, durante os dias de teste, tivemos nas nossas mãos um automóvel capaz de oferecer pelo menos 450km, algo incrível, visto que andámos em autoestrada, serras, e cidades. Em média de consumos, conseguimos rondar os 17~18.5 kWh, mas isto numa condução dinâmica. É possível alcançar números mais interessantes, se não for como eu, que não pode ver um carrinho novo a estrear.

A nível de carregamentos temos capacidade para o que der e vier aqui. Com velocidades de até 130 kW DC e até 22 kW AC.

Conclusão – Renault Megane E-Tech

Em suma, o novo Megane E-Tech é sem sombra de dúvida um concorrente de peso para o mercado automóvel, com um claro rival em mente a abater da fabricante alemã, o VW ID.3.

Aliás, após o pequeno teste é fácil encontrar várias áreas onde o Megane é simplesmente superior.

Além disto, o Megane oferece também um design (a meu ver) muito mais robusto e apelativo com uns acabamentos de qualidade superiores. No entanto, nem tudo é um mar de rosas e até o Megane E-Tech tem muito ainda por onde ser explorado. Já quanto a preços podemos ir desde os 35.850 até aos 48.350€.

Se ficou interessado no novo Renault Megane E-Tech, veja tudo isto e muito mais no site oficial da marca. Clique aqui.

Ademais, qual a sua opinião sobre o novo Megane E-Tech?

Não perca nenhuma informação importante. Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir ou no símbolo da estrela no canto superior direito.

Subscrever

Outros artigos

Se anda de trotinete pode ter de pagar estas multas!

Não há dúvida que as trotinetes são bastante úteis....

AMD Ryzen 7 7700X sorriu para as câmeras!

Como deve saber, a AMD está a preparar-se para...

Windows 11 22H2: a nova versão chega a 20 de Setembro!

Quem andava ansioso pela nova versão do Windows 11,...

Para estar seguro não basta apagar o histórico do Chrome!

Pelas mais variadas razões podemos ter necessidade de apagar...

Android: resolva agora os problemas mais comuns!

O Android é um sistema operativo muito intuitivo, fiável...
mm
Silvio José
Sempre gostei de tecnologia, e em tenra idade já sonhava em construir a minha Dream Machine. Alcançado esse sonho agora o objetivo é aprender mais e mais. A minha paixão em todo o tipo de tecnologia faz-me estar sempre alerta a todas as novidades.