Qualcomm já não é a rainha dos Chipsets! Veja quem ganha!

Quando penso em fabricantes de chipsets considero de imediato que a Qualcomm é a rainha do mercado. No entanto, há sempre alguém à espreita para disputar o trono. Foi exatamente o que se passou no terceiro trimestre deste ano. O reinado da Qualcomm acabou e a MediaTek recebeu a coroa de rainha dos chipsets. Pelo menos é o que afirma a conhecida empresa de estudos de mercado Counterpoint Research.

Qualcomm já não é a rainha dos Chipsets! Veja quem ganha!

Durante o terceiro trimestre deste ano, de julho a setembro, a MediaTek ultrapassou a Qualcomm para se tornar no principal fornecedor de chipsets para a indústria de smartphones. Isto traduz-se numa participação de mercado na casa dos 31%. A Counterpoint atribui o sucesso da MediaTek às fortes vendas de smartphones entre os 150 e os 200 Euros. De facto, está a haver muita procura por equipamentos gama média. Por serem mais baratos, os chipsets da MediaTek acabam por ser a escolha de muitos fabricantes. Assim podem usar o dinheiro poupado no processador, noutros elementos dos smartphones. Câmaras e ecrã, por exemplo.

Qualcomm chipsets

No entanto, isto não quer dizer que a Qualcomm tenha levado um grande abanão.

Entretanto com 39% do mercado, continua a liderar nos chipsets 5G para smartphones e este é um mercado que duplicou no terceiro trimestre. A Counterpoint diz que 17% de todos os smartphones vendidos durante o terceiro trimestre eram compatíveis com 5G. Espera-se que esse número aumente para 33% no atual trimestre, que começou em outubro e termina no final do ano. Com um forte crescimento nas vendas de smartphones 5G no quarto trimestre, a Qualcomm tem hipótese de recuperar a coroa que a MediaTek “roubou”.

Qualcomm chipsets

A participação de 31% da MediaTek no mercado de chipsets representa um enorme ganho face aos 25% que esta empresa teve no ano passado. Durante o mesmo período, a fatia da Qualcomm caiu de 31% para os atuais 29%. A Apple ficou em terceiro lugar com os seus processadores, desenvolvidos exclusivamente para os seus smartphones e tablets, conquistando 12% do mercado. Isto representa um empate triplo entre a Samsung e a HiSilicon da Huawei.

Segundo a Counterpoint a vitória da MediaTek deve-se essencialmente devido a três razões. Forte desempenho no segmento de smartphones entre os 100 e os 250 Euros. A proibição da Huawei em vender nos Estados Unidos. A utilização em equipamentos da Samsung, Xiaomi e Honor.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

Enquanto joga FIFA 22 são estas as músicas que vai ouvir!

Todos os anos vemos um novo novo jogo FIFA a chegar ao mercado. Sendo que apesar de não mudar muita coisa no que toca...

Microsoft vai mesmo apostar no Surface Duo 2! Vale a pena?

Quando a Microsoft anunciou originalmente o seu Surface Duo, o mundo dos smartphones tremeu! Afinal de contas, a gigante Norte-Americana, que no passado até...

(Análise) Corsair M65 RGB Elite: Diferente do resto!

Já perdi a conta ao número de ratos gaming que me passaram pelas mãos, que na verdade, são todos farinha do mesmo caso... É...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!